Importante!

Este blog não tem propósito de indicar tratamentos para substituir cuidados médicos e medicamentos.Em caso de doença procure um médico e faça o tratamento corretamente.As dicas aqui descritas servem como terapia complementar e preventiva.




terça-feira, 27 de dezembro de 2011

"Procuramos sempre o peso das responsabilidades,quando o que na verdade almejamos é a leveza da liberdade."

Vamos mentalizar a cor azul na passagem de ano?


Feliz ano novo!!!

domingo, 25 de dezembro de 2011

O lugar que um dia escolhi para ser feliz....



Quase um ano depois da tragédia que abalou a nossa cidade estamos ainda bem vulneráveis.Muito pouco foi feito.Estamos literalmente nas mãos de Deus.
Me dá um aperto no peito ver uma cidade tão bela tão pouco cuidada, acarinhada ...essa cidade que me recebeu de braços abertos e que me fez olhar literalmente para dentro de mim e dos meus valores.
Neste dia de Natal desejo, do fundo do meu coração, que a cidade consiga se reerguer, que alguém seja tocado por um profundo espírito empreendedor e de amor para nos ajudar a colocarmos essa cidade de pé outra vez.... desejo também que o otimismo nasça outra vez nos corações friburguences e que as pessoas que moram em área de risco sejam abraçadas pelo Senhor Jesus Cristo.Peço também que a virgem Maria e todos os nossos amigos de luz venham ao encontro de todas as mães, os pais, familiares e amigos que sofrem por terem perdido seus entes queridos na tragédia de janeiro.Fortaleça-os.Não deixe que a tristeza os paralize e os adoeça... que fique a saudade e a certeza que tudo está certo e em seu devido lugar.
Que consigamos ter aprendido ou que passemos a nos interessar mais pelo nosso planeta.Que entendamos que somos parte dessa natureza e não superior a ele.Deixo a pergunta clássica da música de John Lennon para que realmente meditemos:
"Então é natal, e o que vc fez?O ano termina e nasce outra vez...."
Vamos olhando para frente e tomando o passado como experiência, lição e aprendizado.Não podemos desistir nunca, mas temos que aprender a viver melhor e em comunhão.

abraços fraternos,

Danny

sábado, 24 de dezembro de 2011

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Mãe é tempo sem hora!

Muito intospectiva ...

Conhecendo um pouco mais da vida com Mário





Já imaginou se o padre usasse esse sermão ao invés dos clássicos?Será que conseguiriamos seguir em frente?
beijos,

Dany

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Anime-se. Mande embora a depressão com o óleo essencial da laranja


MENTE: lança um raio de luz sobre os pensamentos obscuros e a depressão. Alivia a tensão e o estresse, favorecendo uma perspectiva positiva. Tem efeito reanimador, quando há sensação de tédio e falta de energia.

CORPO: parece ter uma forte ação calmante sobre o estômago, especialmente em estados de tensão nervosa. As enfermidades físicas também podem ser aliviadas, através do equilíbrio de distúrbios gástricos como diarréia e prisão de ventre. Estimula a bílis e pode facilitar a digestão de gorduras. Também pode estimular o apetite e, portanto, deve-se ter cautela em caso de dieta. Auxilia a absorção de vitamina C, cuja ação pode prevenir infecções por vírus. Parece ser benéfico em resfriado, bronquite e febre, fazendo baixar a temperatura do organismo. Ajuda na formação de colágeno, vital para o crescimento e renovação dos tecidos do corpo. E esta propriedade, aliada a sua natureza relaxante, parece ser um paliativo eficaz para dores e inflamações musculares e também para a fragilidade óssea. Sua natureza relaxante pode ser benéfica para casos de insônia decorrentes de ansiedade. Também há a possibilidade de baixar as taxas de colesterol no sangue.

EFEITO NA PELE: sua ação sudorífera ajuda a eliminar as toxinas de uma pele congestionada. Mas também parece ser eficaz nos tratamentos de pele seca, rugas e dermatite. Em resumo, é um ótimo tônico para qualquer tipo de pele.

A ajuda que vem do óleo essencial do gerânio






O óleo essencial do gerânio, com sua função reguladora sobre o sistema hormonal, é útil para quem sofre de tensão pré-menstrual e problemas da menopausa, como depressão, falta de secreção vaginal e fluxo intenso. Considerado benéfico para combater a inflamação e a congestão dos seios.
Suas propriedades diuréticas são muito eficazes quando há deficiência nos processos de eliminação em geral e o sistema encontra-se congestionado. Uma ação tônica sobre o fígado e os rins ajuda a eliminar as toxinas do organismo, o que pode ser de grande valia para o tratamento de dependências químicas. Além disso, é benéfico para o tratamento de problemas como icterícia, cálculos renais e biliares, diabetes e infecções urinárias. Em geral, ajuda a evitar a retenção de líquidos e o inchaço dos tornozelos.

É útil para todos os tipos de peles, pois equilibra a oleosidade - a secreção gordurosa das glândulas sebáceas que mantém a pele flexível. Pode ser eficaz contra eczema, queimaduras, herpes-zóster, herpes e frieiras. Também pode ser ótimo para peles oleosas, congestionadas e cansadas - é um excelente purificador da pele em geral. Revigora peles pálidas, pois o gerânio aumenta o fluxo de sangue.

Amar é um ato de coragem!


"A humildade exprime, uma das raras certezas de que estou certo: a de que ninguém é superior a ninguém."..." Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes."..."Amar é um ato de coragem."

Paulo Freire

Pense diferente!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Mais uma musiquinha para aliviar a tensão, gente!

Psicossomática

"Segundo a Organização Mundial de Saúde o conceito de saúde é bem estar bio-psico-social.
A Psicossomática sabe que parte das queixas e/ou doenças que aparecem nos consultórios não tem alterações orgânicas. Os sintomas aparecem, mas a origem dessas doenças se deve a conflitos emocionais ou situações de stress.

Os inúmeros e repetidos exames complementares solicitados pelos profissionais, geralmente, não demonstram nenhuma alteração. O médico costuma dizer ao paciente que ele não tem nada.

A partir desse momento, o profissional de Psicossomática que pode ser médico, psicólogo, terapeuta, fisioterapeuta, enfim qualquer profissional da área da saúde tem diante dele um desafio em relação ao adoecer do paciente.

O que está escondido por trás desse sintoma e que precisa ser decodificado?

A nossa proposta é olhar o indivíduo além do biológico, buscando uma interação com seu mundo psicológico e social. Assim, colocamos os três enfoques em pé de igualdade.

Essa mudança de postura propõe uma nova visão da fisiologia corporal, e talvez do adoecer. A doença deixa de ser vista apenas como algo a ser combatido a qualquer preço e passa a ser considerada como uma informação fundamental à cerca da vida da pessoa.

Nesta abordagem, o paciente é convidado a fazer uma reflexão, tomando consciência de si mesmo, de suas capacidades e possibilidades de mudança.

Um outro ponto que é relevante neste tipo de atendimento é a importância dada a relação médico-paciente.

Costumamos dizer que o primeiro e melhor remédio é a relação médico-paciente ou terapeuta-cliente “suficientemente boa”. As consultas têm um tempo de duração maior e o profissional aprende a desenvolver uma “escuta diferenciada”. Ou melhor dizendo, aprende a escutar não só o que o paciente diz, mas principalmente o que gostaria de dizer.

Desta forma o profissional tem condições de fechar seu diagnóstico e, se necessário, encaminhar seu paciente a um outro colega.

Uma outra prática muito freqüente entre profissionais com esta formação é a interdisciplinaridade, ou seja, a possibilidade de um paciente ser atendido por mais de um profissional e a discussão entre os profissionais sobre aquele caso, cada um dentro de seu olhar e competência.

Segundo M. Balint “toda consulta é um pedido de amor e carinho”

Portanto, a Psicossomática considera a importância de uma visão integrada do paciente priorizando a relação médico-paciente ou terapeuta-cliente.

Para finalizar, e como reflexão, gostaria de citar Hipócrates:

“É mais importante conhecer a pessoa que tem a doença, do que conhecer a doença que tem a pessoa”."



Esse texto resume bem o que eu penso sobre a relação terapeuta- cliente - doença.Se todos os terapeutas e médicos realmente conhecessem seu cliente/paciente, se os dessem um olhar amoroso e atento, talvez muitos nem precisassem de "remédios".
beijos,


Danny
“O Homem gosta de acreditar-se senhor da sua alma. Mas enquanto for incapaz de controlar os seus humores e emoções, ou de tornar-se consciente das inúmeras maneiras secretas pelas quais os fatores inconscientes se insinuam nos seus projetos e decisões, certamente não é seu próprio dono.”


(Carl G. Jung)

Dez dicas para lidar com seus filhos:




Olá queridos amigos e leitores.

Achei interessante essa lista de como lidar com os filhos.Sei que já sabemos de todos esses ítens, mas também sabemos que por vezes se faz necessário relembrá-los para poder tomar o caminho certo outra vez.Informação nunca é demais, né?As pessoas são diferentes uma das outras, porém existem condutas que nos auxiliarão sempre, isso independe da pessoa.Espero que essas dicas ajudem vcs, como sempre me ajudam.
beijos,

Danny

"1 - Diga não. Ele não vai deixar de gostar de você por causa disso;
2 - Seja coerente e firme. Se a mãe diz sim, o pai concorda. E vice-versa. Discutam depois; PAIS CONSISTENTES FILHOS SEGUROS
3 - Não recue diante da birra. A criança sente-se insegura se as ordens não são pra valer;
4 - Não se impressione se o seu filho testar a sua paciência. Ele só não pode ganhar;
5 - Exerça autoridade. Nada de “quando seu pai chegar (ou mãe) você vai ver”DIFERENTE QUANDO ESTÃO SOB OS CUIDADOS DE TERCEIROS
6 - Mantenha um meio termo entre permissividade (tudo pode) e o autoritarismo (nada pode);
7 - Nunca diga não sem antes dizer o motivo e não acoberte os erros de seu filho;
8 - Pense bem antes de ditar uma norma ou uma punição. Analise até onde vai o benefício disto;
9 - Fale sempre a verdade. A criança deve obedecer pela existência de um limite real e não pelo medo;
10 - Não se sinta culpado por ficar pouco tempo com ele. O importante é a qualidade do relacionamento. "

O jogo de areia e seus benefícios

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Desvantagens da auto-medicação com florais




"As essências Florais são uma alternativa para harmonizar os sentimentos e as emoções em desequilíbrio que possam desencadear distúrbios ou doenças.
Os florais podem ser tomados por indicação que chamamos “fórmula dica”, vocês podem usar uma dica aqui do site ou consultando um catálogo na farmácia ou internet, podem criar a sua própria fórmula dica.

Muitas pessoas fazem dessa forma, entretanto, quero explicar-lhes como os florais agem para que vocês possam perceber a diferença entre uma fórmula dica e uma seqüência de consultas com um terapeuta e decidir-se com conhecimento.
Imagine uma cebola, ela é em camadas, correto? A ação dos florais ocorre em nós em camadas; como se fossemos uma cebola, precisamos "limpar" uma a uma as camadas, da mais externa até a mais interna, até atingirmos o mais profundo dos sentimentos que é a causa de tudo.
Quando uma pessoa faz uma queixa, por exemplo, do tipo: "sou ansioso", a ansiedade é o sintoma que ela sente, que ela percebe, portanto, está instalado na sua primeira camada, no seu consciente. Ao escolher os florais sozinhos, vocês fazem a escolha pelo que está sentindo no momento. Por exemplo, vocês vão à farmácia e procuram florais para medo porque é medo que sente, e encontram no catálogo de Bach os seguintes florais: Aspen, Mimulus, Rock Rose, Cherry Plum, Red Chestnut, você lê as indicações de cada um e manda manipular o floral para vocês com a flor que escolheram de acordo com seu sentimento de medo, este sentimento é o que esta na sua primeira camada, a mais externa, e o que vocês sentem fortemente; tomando as gotinhas, seu medo vai diminuir, certamente, mas quando parar de tomar ele voltará, porque não trabalhou a causa do seu medo, não analisou e não atingiu as camadas posteriores onde estão instaladas as razões para sentir medo.
Quanto receitamos através de uma seqüência de consultas detalhadas e acompanhadas, vamos trabalhando as camadas uma a uma até conseguirmos finalizar o problema, atingindo as causas ,ou seja, quando se tem alta, se param as gotinhas, não aparecem mais os sintomas.
Portanto, recomendo que você sempre tome florais com acompanhamento de um terapeuta.Desta forma você irá certamente curar-se.'

Ajudando adolescentes com os florais de minas


Fórmula do Adolescente


Recomendada para “trabalhar” nos distúrbios gerais que frequentemente se manifestam no período da adolescência: desobediência, ilusão com autoimagem falsa, ilusão com mitos duvidosos (fetiche), tendência ao vício e ao desregramento nos hábitos cotidianos, revolta, espírito de grupo, insegurança, dúvida, baixa autoestima, solidão, inibição, timidez. Esta composição floral é ressonante com as vibrações associadas à autodeterminação, à conexão com o propósito interno e com a verdadeira vocação, potencializando o amadurecimento psíquico e biológico, a autoestima, a criatividade e engenhosidade, a ternura na sexualidade e o equilíbrio entre a vontade individual e o propósito do social.
Composição: Bougainvillea, Hibiscus, Ipomea, Jasminum, Lantana, Lavandula, Millefolium, Origanum e Vernonia.

Myosotis - floral para chegadas e partidas



Para aqueles que viveram uma experiência traumatizante de perda de um ente querido e não conseguem se recuperar de sua ausência. Para os indivíduos que sustentam uma forte ligação com pessoas que já partiram (falecimento) e se esforçam para se manterem em contato pouco saudável com elas. Myosotis é útil quando há rejeição de recém-nascidos por parte dos pais e na depressão pós-parto. A essência floral traz a energia de reconhecimento dos compromissos espirituais entre as almas dos familiares, favorecendo a aceitação mútua das limitações ou obrigações temporárias. Trata-se de uma essência floral “consoladora”, que deve ser ministrada àqueles que estão nas “estações da vida”, pois harmoniza as “despedidas” de alguns e as “chegadas” de outros.

Nada se compara a você




Nothing Compares 2 U
Sinead O'Connor

It's been seven hours and fifteen days
Since you took your love away
I go out every night and sleep all day
Since you took your love awaySince you've been gone I can do whatever I wantI can see whomever I choose
I can eat my dinner in a fancy restaurant
But nothing, I said nothing can take away these blues
'Cause nothing comparesNothing compares to you
It's been so lonely without you here
Like a bird without a song
Nothing can stop these lonely tears from falling
Tell me, baby, where did I go wrong?
I could put my arms around every boy I see
But they'd only remind me of you
I went to the doctor and guess what he told me?
Guess what he told me?
He said: girl, you better try to have funNo matter what you do
But he's a fool
'Cause nothing comparesNothing compares to you
All the flowers that you planted, mama
In the backyard
All died when you went away
I know that living with you, baby, was sometimes hard
But I'm willing to give it another try
Nothing comparesNothing compares to you


Nada Se Compara a Você

Passaram-se sete horas e quinze dias
Desde que você me tirou seu amor
Eu saio todas as noites e durmo o dia inteiro
Desde que você me tirou seu amor
Desde que você se foi posso fazer tudo que eu quiser
Posso ver quem eu escolher
Posso jantar em um restaurante sofisticado
Mas nada, eu disse nada, pode tirar essa tristeza
Porque nada se comparaNada se compara a você
Tem sido tão solitário sem você aqui
Como um pássaro sem canção
Nada pode impedir a queda destas lágrimas solitárias
Me diga baby, onde foi que eu errei?
Eu poderia passar os braços em volta de todo garoto que eu encontrasse
Mas eles só me fariam lembrar de você
Eu fui ao médico, adivinha o que ele me disse?
Adivinha o que ele me disse ?
Ele afirmou: "Garota, é melhor você se divertir
não importa o que você faça"
Mas ele é um tolo
Porque nada se compara
Nada se compara a você
Todas as flores que você plantou, mamãe no quintal
Todas morreram quando você se foi
Eu sei que viver com você, baby, foi duro às vezes
Mas estou disposta a fazer outra tentativa
Nada se compara
Nada se compara a você

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Quando tudo parece dar errado
Acontecem coisas boas
Que não teriam acontecido
Se tudo estivesse dado certo.

Renato russo

I`m getting older too...

domingo, 4 de dezembro de 2011




"O que a memória ama, fica eterno.
Te amo com a memória, imperecível."

Adélia Prado

É o Que Me Interessa



Achei essa música um tanto egoísta, mas até o "pecado" tem sua beleza...rsrrss
beijos,

Danielle

É o Que Me Interessa
Lenine


Daqui desse momento
Do meu olhar pra fora
O mundo é só miragem
A sombra do futuro
A sobra do passado
Assombram a paisagem.

Quem vai virar o jogo
E transformar a perda
Em nossa recompensa
Quando eu olhar pro lado
Eu quero estar cercado
Só de quem me interessa.

Às vezes é um instante
A tarde faz silêncio
O vento sopra a meu favor
Às vezes eu pressinto e é como uma saudade
De um tempo que ainda não passou
Me traz o seu sossego
Atrasa o meu relógio
Acalma a minha pressa
Me dá sua palavra
Sussurra em meu ouvido
Só o que me interessa.

A lógica do vento
O caos do pensamento
A paz na solidão
A órbita do tempo
A pausa do retrato
A voz da intuição
A curva do universo
A fórmula do acaso
O alcance da promessa
O salto do desejo
O agora e o infinito
Só o que me interessa.

Na infinidade da vida onde estou, tudo é perfeito, pleno e completo.Eu me amparo e a vida me ampara.Vejo provas da Lei atuando em torno de mim e em todas as áreas da minha vida.Reforço o que aprendo da maneira mais alegre que encontro.Meu dia começa com gratidão e alegria.Espero com ansiedade e entusiasmo as aventuras do dia, sabendo que em minha vida "tudo é bom".Amo quem sou e tudo o que faço.Sou a viva, amorosa e alegre expressão da vida.Tudo está bem.

"Que eu esteja bem"



Só hoje escutei essa música de forma diferente .... como é bom redescobrir coisas, né?As vezes penso que seja mais interessante redescobrir do que descobrir em si.... olhar para algo que já vimos ou ouvimos mil e quinhentas vezes e simplesmente se encantar, surpreender-se....apaixonar-se pelo cotidiano.
Isso aconteceu comigo hoje ao ouvir essa música.
Espero que redescubram pessoas, músicas, livros e deem um novo significado a vida.

beijos queridos,

Danielle

Exercício: criar mudancas


O Natal está chegando e imediatamente penso como é dificil cumprir aquela lista de coisas que prometemos mudar no próximo ano em nós.Então, pensei que poderíamos exercitar criar mudanças.Que tal?Você vem comigo?Vamos elaborar uma lista de coisas que estão erradas com a gente e transformá-las em afirmacoes positivas?Você pode também escrever todas as mudanças que quer fazer ou tem que fazer.Depois escolhemos três delas e passamos para afirmações positivas.Fácil assim.
Suponhamos que o inicio da nossa lista esteja assim:


Eu deveria emagrecer.
Ninguém me ama.


Podemos transformá-las, assim:

Tenho um corpo esbelto, feliz.
Recebo amor aonde quer que eu vá.

Legal, né?
Assim a gente entra com pé direito em 2012.
beijos,
Danny

sábado, 3 de dezembro de 2011

O clima pesou?Pulverize lantana.



Estava adiando esse momento mais ele é inevitável....
As flores estão em todos os lugares (mesmo naqueles lugares em que não queremos estar rsrsrs....) e como são especiais nos dão sempre mensagens divinas...Meado do mês passado passei por uma situacao bastante complicada interiormente ... ainda estou digerindo tudo, é verdade.Mas uma coisa me chamou muito atenção... assim que cheguei ao local que temia dei de cara com uma flor que algum tempo me encanta: a lantana.Na realidade eram duas flores a rosa também estava lá, mas senti dentro do meu coracao que a mensagem vinha da lantana.Olhem que curioso, o floral feito da lantana é apropriado para a harmonização de grupos humanos reunidos em assembléias, congressos, locais de trabalho, escolas, hospitais, casas de detenção, creches, asilos, retiros, meditações, viagens, festas, simpósios e quadras de diversão em geral; para as situações que exigem a necessidade de equilíbrio entre as manifestações individual e coletiva, entre o saber ouvir e saber falar, ou quando o propósito grupal necessita de elevação em seu padrão vibratório. Ajuda a pessoa a captar em maior profundidade a psique do outro, criando assim um plano de maior entendimento mútuo.
Gente, era isso o que eu precisava naquele momento!Na realidade era o que precisavamos!
O encontro não foi confortável, mas sai inteira.... tenho certeza que a beleza da lantana nos ajudou a manter a civilidade e o respeito.Sensacão de dever cumprido.

beijos,

Harmonizem-se com a lantana!!!

Danny

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Um presente para vocês!



A todos os meus amores e amigos com muito carinho.
Danny

Segredos para uma vida longa e feliz?

Paz no Coração, Perdão e Compaixão, Muita Gratidão a tudo e a todos.

Reclamar menos, prestar atenção no que temos de bom e positivo ao nosso redor.

Valorizar cada dia vivido, cada experiência. Fazer cada dia um dia importante e especial.

"Se puderes voar pelo ar
as estrelas poderão te abraçar
não continue agarrada as tuas dores
elas não sabem dançar."

(M.Ross)

"Me desperdiço, me dôo, me comovo. Me arrebento de existir."
Fabrício Carpinejar

Pausa para o sagrado

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Até as princesas soltam pum



Queridos amigos,

Ontem me diverti muito assistindo essa pequenina história 'Até as princesas soltam pum'.Foi um delicia compartilhar essa história com meus filhos!!!Eles riam tanto, mais tanto....foi muito bom!
A contadora de história é excelente!O nome dela é Carolina Vale. Vale a pena conferir!!
Taí, essa é uma boa dica para estabelecimento de vinculos poitivos entre pais e filhos: uma boa leitura ou um bom filminho juntos e depois um bom papinho...Delícia!Facam isso e perceberão a diferenca na qualidade do relacionamento de vcs!

Beijocas,

Danny

Someone like you

Pausa para degustacao....


Adoro textos que me fazem pensar, compartilhar ....Esses versos são realmente preciosos.Obrigada Italo!
Danny

Italo Calvino

"O inferno dos vivos não é algo que será; se existe, é aquele que já está aqui, o inferno no qual vivemos todos os dias, que formamos estando juntos.
Existem duas maneiras de não sofrer.
A primeira é fácil para a maioria das pessoas: aceitar o inferno e tornar-se parte deste até o ponto de deixar de percebê-lo.
A segunda é arriscada e exige atenção e aprendizagem contínuas: tentar saber reconhecer quem e o que, no meio do inferno, não é inferno, e preservá-lo, e abrir espaço".

Mergulho ao inconsciente com o floral da Paineira





Mergulha profundamente no inconsciente e no oitavo chakra umeral, tentando desbloquear traumas vividos no passado. Transforma experiências do passado em potencialidades para o futuro, de modo a não se perder tempo com informações que, mediante trabalhos de autoconhecimento, se consideram ultrapassadas.
Passado lunar coronário – Facilitador do acesso ao mundo dos sonhos, abre as portas para o inconsciente e seus símbolos. Proporciona a consciência de registros anteriores, aumentando a capacidade de reflexão sobre nós mesmos.

Combata o medo do futuro com a serralha






Excelente tônico e renovador da energia dos chakras da emoção e do sentimento, cria um movimento que se volta para o ego, revitalizando-o e combatendo o sentimento de amor-próprio ferido.
Futuro lunar esplênico – Revitaliza os valores internos ligados ao corpo físico. Combate o medo do futuro e ajuda a assumir a realidade dos limites do corpo trazida pelo avanço da idade.

A natureza é muito sábia e bela mesmo!
Quando eu era crianca costumava brincar tanto com a florzinha serralha.... e hoje ela está aqui em minha vida outra vez.Ajudando a me revitalizar, a vencer meus medos e a me assumir como sou e estou agora.

Obrigada por mais essa dádiva!

Danny

A beleza do mandacaru - florais alquimicos





O mandacaru amplia a consciência e o horizonte espiritual, despertando-nos para o fato de que não somos só carne. Explora todos os potenciais do espírito, conferindo clareza e segurança acerca do caráter natural – e inerente à evolução de cada ser – dos processos de morte e renascimento.

Bela mensagem, né?
Que possamos nos contagiar com a beleza que nasce dos espinhos e assim como ela, renascer.

beijos,

Danny

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

As flores e seu poder de cura



Caio F. Abreu


"Estou me afastando de tudo que
me atrasa, me engana, me segura
e me retém. Fui ser feliz e não volto."

Eu te amo. Será?



...é engracado achar esse video de Chico Buarque da música `eu te amo`que por anos foi quase um hino para mim.Na época fazia escola normal e tive uma apaixonite por um professor de filosofia e essa música me lembrou dessa paixão platônica, lembra-me também da relacao dos meus pais e hoje de alguma forma me lembra o meu relcionamento atual.
Adoro as metáforas que Chico usa em suas músicas!!!São encantadoras, não são?
Danny

O medo em nossas vidas



E vc tem medos???
Vamos conversar sobre eles???
beijos,

Danny

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Colorir: Uma atividade importantíssima para a criança



Colorir desenhos é uma atividade tão natural para as crianças como dormir e chorar. Muito mais do que formas aleatórias, colorações monocromáticas ou rabiscos quase ilegíveis, o ato de colorir é extremamente importante nos artistas de palmo e meio, incentivando o desenvolvimento de várias e essenciais capacidades.
Expressão pessoal
Desenhar e colorir são formas de expressão pessoal por excelência das crianças, que nem sempre conseguem exprimir-se adequadamente através da fala ou da escrita. Vários estudos já comprovaram que é bastante fácil perceber o que alguém está a sentir através das imagens que desenha ou das cores que utiliza para colorir. Por exemplo, uma criança que desenha facas, pistolas, caveiras ou outros objetos perturbantes pode estar a pedindo ajuda. Por outro lado, uma criança que desenha o sol, passarinhos, corações ou outros objetos alegres, pode estar expressando o seu contentamento. É um exercício excelente para desenvolver personalidades e deixar a criatividade fluir!
Identificação das cores
A maioria das crianças tem a sua primeira (e muitas vezes única!) exposição à roda das cores e ao conceito de arte, graças às brincadeiras infantis com lápis de cor, de cera e canetinhas. Aprender a distinguir as diferentes cores bem cedo, é meio caminho andado para perceber as suas várias e corretas aplicações, bem como possíveis misturas entre cores primárias e secundárias, mais tarde.

Criança pintando

Uma forma de terapia
O simples ato de colorir pode ser terapêutico para muitas crianças e é uma atividade utilizada em muitos hospitais, centros de aprendizagem e instituições para possibilitar o “descarregar” de emoções, sentimentos e frustrações. Uma criança zangada pode perfeitamente pintar o seu desenho de uma árvore toda preta, a tal ponto que a própria figura deixe de ser visível. De outra perspectiva, uma criança organizada, que gosta das coisas à sua maneira, pode colorir o seu desenho meticulosamente, sem ultrapassar qualquer linha do mesmo. Independentemente da forma como vai colorir ou desenhar, esta é uma excelente forma de acalmar as crianças.
Aprender a segurar e a controlar
Um giz de cera é, para muitas crianças, o primeiro objeto que aprendem a segurar e controlar. Dominar um giz de cera é a rampa de lançamento para conseguirem dominar as restantes ferramentas de colorir – lápis de cor, canetinhas, pincéis – e, mais tarde, os de escrita – caneta e lápis. Quanto mais bem desenvolvidas estiverem as suas capacidades de segurar e de controlar um giz de cera, mais facilitada será a sua aprendizagem mais tarde, quando começarem a escrever.
Coordenar para pintar
O desenvolvimento da coordenação olho mão é outra grande lição que as crianças retiram das suas sessões de colorir. Desde segurar firmemente o lápis de cor ou giz de cera, a reconhecer as cores que devem ser utilizadas, até ao ato de apontar os lápis, a verdade é que colorir desenhos implica uma enorme coordenação entre os olhos e as mãos. Quanto mais praticarem, mais vão desenvolver esta aptidão tão básica para a vida.
Aperfeiçoamento das capacidades motoras
Colorir é divertido, não é? Pois é! Mas também é muito mais do que isso – enquanto as crianças se entretêm a colorir, interagindo com marcadores, tintas, lápis de cor, de cera e papel, estão a trabalhar e a fortalecer os músculos das mãos. Colorir exige uma coordenação básica e um esforço conjunto entre os músculos dos braços e os das mãos que, uma vez desenvolvidos, permitirão às crianças executar atividades mais exigentes, mas com dificuldade mínima.
Concentração máxima
As crianças que se dedicam a 100% à coloração dos seus desenhos fazem-no na perfeição: não há espaço que fique por preencher, nem linha que tenha sido cruzada! E isto por quê? O simples ato de colorir tem a capacidade de prender a atenção de uma criança, estimulando a sua concentração máxima, mesmo face a um ambiente barulhento como uma sala de aula ou a cozinha antes da hora de jantar. Com o passar do tempo, os seus níveis de concentração vão continuar a melhorar.
Estabelecer limites
Uma criança mais nova não saberá respeitar as linhas do seu desenho tão bem como uma criança mais velha que já faz um esforço enorme para colorir dentro das mesmas… mas depressa chega lá! E ainda bem! Reconhecer e respeitar estes limites (mesmo que sejam os de um desenho!) é uma excelente experiência e método de aprendizagem para aquilo que se segue: escrever letras e números nas linhas de um caderno!
Missão cumprida!
A satisfação e o sorriso na cara de qualquer criança que consegue colorir um desenho inteiro dentro das linhas, é uma vitória muito importante para os pequeninos! O sentido de cumprimento, de que tudo é possível, é fundamental para as crianças porque lhes dá motivos para se sentirem orgulhosos, capazes, confiantes e, claro, para serem congratulados pela sua comunidade mais imediata. Um sentimento de “missão cumprida” que dificilmente esquecerão.

Como estimular uma criança a desenhar


É importante respeitar a espontaneidade e a naturalidade das crianças. Nessas primeiras etapas dos desenhos é aconselhável que não lhes corrija nem lhes imponham regras nem técnicas de desenho. Podem apresentar-lhes vários tipos de materiais. Além do lápis, a criança pode desenhar e pintar com lápis de cera, com marca-texto, e inclusive com pintura de dedo.

O desenho deve ser expressado com liberdade e não como uma obrigação
O desenho infantil deve ser expressado com liberdade e não como obrigação. Não freie a criatividade do seu filho. A censura só limitará sua criatividade nesta etapa.
Quase todas as idéias das crianças podem expressar-se em seus desenhos. As atividades gráficas e plásticas representam uma autêntica linguagem para as crianças. As ensinarão a desenvolver suas habilidades motoras, darão mais liberdade de expressão e enriquecerão seu mundo. O contato com diferentes materiais estimulará suas idéias e sua expressividade.
O material e a técnica
Quando existe um interesse especial da criança pelo desenho, pode-se orientá-la acerca de algumas técnicas, oferecendo-lhe diferentes materiais para que os prove. A técnica, no que ser refere ao domínio instrumental, não necessita ser ensinada. Adquire-se com a prática e experiência. A criança que gosta muito de desenhar, cada vez se sentirá atraída por outros materiais, e assim irá crescendo neste mundo tão mágico que é o desenho. Conheça alguns matreriais:
Lápis de cera por seu manejo cômodo, é o lápis ideal para os primeiros “garranchos’ das crianças. Pode-se encontrar lápis de cera de distintas formas. Com pontas finas ou arredondadas, e de todas as cores.
Giz é um material suave, leve e se quebra com facilidade. Portanto, exige algo de habilidade nas crianças para sua utilização. Normalmente a partir dos dois anos é interessante que ofereça giz e um quadro-negro à criança. O ajudará a controlar a intensidade do seu traço.
Marcadores de texto são de distintas cores e grossuras. São ideais para os traços e contornos, e podem ser utilizados em todo tipo de papel. Permite controlar a pressão muscular, desenvolver a coordenação e exercitar o sentido de responsabilidade. É difícil de apagar, e por isso exige mais responsabilidade.
Pintura Com o pincel à mão, é muito divertida sua utilização para as crianças. Permitem-lhes criar novos efeitos, descobrir as mesclas de cores, adquirir novos movimentos de coordenação, exercer distintas pressões do traço, etc. Ao pintar com a mão, a criança estará criando uma interação física e direta com o material. Desfrutará de sentidos como o tato e aroma. E favorecerá seu sentido de exploração.
O papel é tão importante como os lápis. Seu formato, tamanho, bem como sua cor, irão determinar os limites das crianças quanto ao desenho. A textura determinará o tipo de lápis que a criança vai utilizar.
Em todo caso, as crianças sempre reagirão de diferentes maneiras dependendo do tipo de material que utilizem.
Como estimular a criança a desenhar
Quando se estimula a criança a desenhar, a estará ajudando para que desenvolva sua percepção, emoção e inteligência. A criança contará com mais meios para expressar-se e adquirirá mais prática e experiências. A potencialidade criativa que tem uma criança é enorme, mas nem sempre se reconhece isso a não ser que lhes ofereçam a oportunidade de colocá-las em prática.
Uma boa forma para estimular a seu filho que desenhe é criando um espaço, um cantinho para pendurar seus desenhos. Convide-o a criar um espaço para uma exposição dos seus desenhos preferidos. Assim, quando vierem os amigos e familiares, poderão “visitar” a exposição. O local pode ser num quadro de cortiça, na porta do armário do quarto, atrás da porta da entrada da casa, ou em qualquer outro lugar.

COMEMORAR SEMPRE AUMENTA O AUTO-ESTIMA



PEQUENAS VIBRAÇÕES DEVEM FAZER PARTE DA VIDA. ELAS AJUDAM A VENCER O PRÓXIMO DESAFIO E DEIXAR A AUTO-ESTIMA LÁ NO ALTO.

É tão bom comemorar a última prestação do carro, 20 anos de casados, a formatura universitária, o primeiro emprego. São conquistas que merecem ser festejadas, afinal, um grande obstáculo foi deixado para trás. As simples vitórias do dia-a-dia, como ser elogiado pelo chefe, ceder o espaço para alguém no ônibus, fazer a pessoa que tanto gosta feliz, enfim, pequenos sucessos que ajudam a motivar o indivíduo também devem ser celebrados.

Aqui vão algumas dicas para você aprender a festejar o que é pequeno, no entanto, tão importante quanto as datas especiais. Para quem deseja ter sucesso, todas as conquistas são especiais.



9 DICAS PARA FESTEJAR A FESTA EM QUALQUER VITÓRIA:

1- Acreditar, sem duvidar, que somos o resultado de pequenas e constantes evoluções diárias; mais ou menos como perder peso.

2- Realizar um balanço diário de cada dia, resgatando pontos de superação, como evitar brigas desnecessárias ou dar um pequeno avanço na aula de seu hobby favorito.

3- Tomar consciência sobre a importância das suas obras, da sua vida, para a sustentabilidade de todos a sua volta.

4- As comemorações, ou os “registros” de avanços devem ser feitos com naturalidade e sempre.

5- É possível escolher um ou mais temas e estimular pequenas metas, comemorando quando forem atingidas.

6- Estabelecer uma forma de presentear-se (a cada número fixo de conquistas, ou período) com presentes simbólicos ou materiais, mantendo uma coerência.

7- Vibre com os pequenos avanços e demonstre que isso é ser bem-sucedido: parar é muito mais fácil do que avançar.

8- Faça um brinde com a sua equipe e com um discurso de agradecimento. Pode parecer antiquado, mas agradecer a quem colabora nunca sairá de moda.

9- Se somos capazes de ter pequenas conquistas, elas podem ser ampliadas, isso diminui nossa ansiedade. É comemorando que aprendemos a comemorar, portanto, é se valorizando que aprendemos a nos valorizar.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

MASSAGEM TERAPEUTICA E A METAFÍSICA


“Nenhuma dor se manifesta no nosso corpo sem que esteja associada a alguma emoção!”
“A dor física é a manifestação da dor no eu verdadeiro!!!”
A massagem é uma prática milenar com origem na Índia, China, Japão, Grécia e Roma, e o significado dela é “amassar, friccionar pressionando o tecido”.A palavra terapêutica é definida como “de, ou relacionada ao tratamento ou cura de um distúrbio ou doença”.
Quando ficamos doente, quando uma dor física nos acomete, é porque algo em nosso emocional não vai bem, temos o triste hábito de somatizar nossos problemas, nossas frustrações, nossa insegurança, nossos medos, nosso comodismo e principalmente nosso vitimismo, em vez de tentarmos confrontar o problema, de tentarmos analisa-lo por uma ótica mais positiva e ter coragem de mudar de atitude diante das situações perturbadoras, nos acovardamos e passamos a ficar doentes..
Então precisamos tratar o doente e não só a doença, precisamos diagnosticar as causas e não só as conseqüências. A dor é o maior referencial de que algo vai muito mal em nós.
"A arte de massagear ameniza a dor, estimula as moléculas, elimina as toxinas, movimenta a corrente sanguínea, libera as linfos. Além disso ainda temos o fato que o toque promove amor, promove afabilidade, promove calma e promove segurança. De acordo com a medicina chinesa a massagem desbloqueia os pontos energéticos no nosso corpo. O livre fluxo da energia pelo corpo é essencial para a saúde e sensação de bem-estar físico e psicológico."


Leia mais: http://buscandoequilibrio-terapiasholisticas.blogspot.com/search?updated-min=2006-12-31T18:00:00-08:00&updated-max=2007-12-31T18:00:00-08:00&max-results=7#ixzz1dyczugxd

Malhar em jejum ou passar mais de quatro horas sem comer engorda

Se você é do time que pensa no jejum como alternativa poderosa contra os quilos extras, saiba que está embarcando numa roubada. Deixar de comer compromete uma série de funções vitais e não ajuda em nada na dieta. Isso porque o jejum prejudica o metabolismo (conjunto de transformações que as substâncias químicas do alimento sofrem em nosso organismo). E são essas reações que permitem a célula transformar os alimentos ingeridos em energia. A quantidade de calorias ou energia gasta durante o repouso (usada pelo corpo para fazer para funcionar órgãos como coração, cérebro, pulmões e intestino) é chamado de metabolismo basal. O metabolismo basal pode variar de acordo com a composição corporal de cada pessoa, assim como a idade, sexo e prática de atividades físicas. Mas o jejum prolongado tende a diminuir esse metabolismo, interferindo no gasto de energia. Para entender melhor as conseqüência de ficar muito tempo sem comer, confira a lista de mitos abaixo. O intervalo ideal entre uma refeição e outra, explica a relação entre estômago vazio e mau hálito e alerta para os perigos de ficar, diariamente, sem tomar café-da-manhã.

1. Fazendo exercícios em jejum, emagreço mais rápido.
Falso.
Durante a execução dos exercícios físicos, se você estiver em jejum, seu nível de glicose no sangue pode estar muito baixo (hipoglicemia). Então, seu organismo vai passar a consumir proteínas. Você perde massa magra (músculos), diminui seu metabolismo e acaba ficando mais fraco. A performance cai e o desgaste físico e emocional aumenta. Em condições normais, com alimentação equilibrada, o organismo consegue manter este equilíbrio interno. No entanto, a o jejum prolongado pode comprometer esse balanço energético.

2. Ficar muito tempo sem comer deixa o metabolismo mais lento.
Verdade.
Depois de muito tempo sem comer, o metabolismo passa a funcionar mais lentamente, como tentativa de economizar energia. Como conseqüência, na próxima refeição, a tendência é acumular mais gordura. O ideal é não ficar sem comer por mais de 4 horas, distribuindo as refeições durante o dia.

3. O jejum acelera os resultados da dieta.
Falso.
As pessoas normalmente relacionam a dieta como algo muito restritivo, acreditando erroneamente que a reeducação alimentar proibirá o consumo de certos alimentos. Embora uma boa alimentação possa ter certas limitações, não há proibições absolutas.

4. Ficar em jejum causa dor de cabeça.
Verdade.
O cérebro não tem qualquer reserva energética e por isso, independente do estado nutricional é necessário que haja um suprimento de glicose, provenientes principalmente de alimentos fontes de carboidratos para este tecido. Situações de hipoglicemia, por exemplo, onde ocorre uma redução dos níveis de glicose sanguínea, podem acarretar perturbações no funcionamento do sistema nervoso central, que vão desde cefaléia, incoordenação de fala e motora, até alterações no eletroencefalograma e coma.

5. Ficar três horas sem comer não prejudica o organismo.
Verdade.
Períodos curtos de jejum (de uma a três horas sem comer) não acarretam problemas. Esse é o tempo médio que o organismo leva para realizar a digestão e conseqüente absorção dos alimentos. Mas pessoas com tendência a hipoglicemia devem se alimentar a cada duas horas. Do contrário, podem surgir sintomas como visão turva, cefaléias, enjôos, vômitos, tremores.

6. Pular o café-da-manhã diminui a capacidade raciocínio.
Verdade.
Jejuns superiores a quatro horas podem resultar em lentidão dos movimentos, raciocínio confuso, perda de memória, dores musculares e de cabeça, tontura e até mesmo desmaios em alguns casos mais graves. Quem persiste em tornar o almoço a primeira refeição do dia, está expondo o organismo a mais de doze horas em jejum. Esse estado metabólico também pode favorecer consideravelmente o aparecimento de infecções já que o organismo está fraco devido a falta de nutrientes.

7. Ficar em jejum durante o dia causa mau hálito
Verdade.
A presença do mau hálito, decorrente da acidose metabólica (excesso de acidez no sangue caracterizada por uma concentração anormalmente baixa de carboidratos) é decorrente a jejuns superiores a seis horas. Esta característica é bem comum em pacientes com diabetes. Os mecanismos de compensação realizados pelo organismo em situações de acidose é uma respiração mais profunda e rápida: o organismo tenta livrar o sangue do excesso de ácido reduzindo a quantidade de dióxido de carbono. Os rins tentam excretam mais ácido na urina. Quando estes dois mecanismos não conseguem estabelecer a homeostase e o corpo continua a produzir ácido em demasia, instala-se um quadro de acidose grave e, em última instância, o coma.

Fonte: Minha Vida

http://www.receitasparaemagrecer.com.br/?c=Mitos%20e%20Verdades&n=268

Pulmão - Nosso Sistema de Defesa *Medicina Chinesa*




O pulmão, é o responsável pela captação da parte yang da energia vital que chega através da respiração, e os distúrbios desta função vão repercutir no pulmão e no rim, que é onde vai ser recebida e agregada com a parte yin da energia que entra pelo estômago com a alimentação. Outra função importante do pulmão é em relação à defesa do organismo. Esta defesa é diferente da imunidade humoral, que está ligada às células brancas do sangue. Esta defesa é feita por uma energia que chamamos de wei qi, que é gerada pelo pulmão. Esta energia circula na superfície do corpo, e dá o primeiro combate aos ataques externos, sejam eles virais, bacterianos ou climáticos (vento, frio, umidade ).
Energeticamente o pulmão rege várias estruturas, a saber: a garganta e suas estruturas (amígdalas, tireóide), nariz, seios da face, a pele e os pêlos e o intestino grosso.
As emoções ligadas ao pulmão são a tristeza, a melancolia, as angústias e as tensões muito prolongadas. Aqui poderíamos incluir as depressões, mas aí o comprometimento energético é também do fígado. De uma forma mais genérica, poderíamos dizer que o pulmão é afetado pelas perdas afetivas, como os relacionamentos terminados ou as perdas de entes queridos.
Uma relação muito importante é a da pele com o pulmão, fato que também é observado pelos colegas alopatas. É bastante comum a evolução de um eczema para algum tipo de bronquite, e também o contrário, como as asmas ou bronquites quando tratadas por métodos naturais tendem a se resolver através de eliminações na pele. Em alguns casos o tratamento de uma lesão de pele, feito de forma a suprimir a lesão, pode gerar como conseqüência patologias, que vão desde uma simples rinite até as asmas ou as pneumonias de repetição. Portanto, toda a atenção com os tratamentos das alergias, dos eczemas, das dermatites, porque se forem mal conduzidos podem levar a manifestações no pulmão e o observador menos avisado, poderá pensar que são manifestações independentes, quando são na realidade a mesma doença em fases diferentes.
Ainda na pele temos a transpiração, que é controlada pelo pulmão através da abertura e fechamento dos poros. Num quadro de diminuição da energia do pulmão podemos observar com freqüência a ocorrência de transpiração espontânea abundante, inclusive durante o sono. Nestes casos, a energia está tão fraca que não consegue fechar os poros.
Outra estrutura regida pelo pulmão é o intestino grosso que, junto com a pele, funciona como órgão de eliminação, como nos quadros catarrais onde há eliminação de muco juntamente com as fezes. Por outro lado, também temos as alergias alimentares que tem seu início nos intestinos e depois se manifestam na pele, podendo chegar a invadir o pulmão propriamente. Podemos também citar a intolerância à lactose, que também tem manifestações a nível intestinal e pulmonar. Temos também as constipações intestinais que podem ser por falta de líquidos, fibras, por excesso de calor, por excesso de umidade, por diminuição da energia total, por diminuição da energia do pulmão, e várias outras etiologias, assim sendo não é só comendo frutas e verduras ou fibras em geral que vamos regularizar o funcionamento do intestino.
Outra função comandada pelo pulmão é a produção de líquidos orgânicos. Esta função em primeira instância, pareceria ser do rim, mas é do pulmão. Esta produção se dá basicamente pela respiração celular, onde vamos ter, como produtos finais, gás carbônico e água. Esta água, pode ser chamada de endógena, para diferenciar da água que consumimos via oral, ou em outros alimentos. Uma disfunção neste processo de difusão da água, vai levar a formação dos edemas (inchaços) nas partes altas do corpo, como no rosto, nas pálpebras, diferente dos edemas inferiores que estão ligados à energia do rim. Assim, resumindo, a água endógena é formada pelo pulmão e encaminhada ao rim, seguindo o mesmo caminho da energia yang captada pela respiração.
Uma forma fácil de reconhecer alguém com desarmonia da energia do pulmão, é pela cor extremamente branca do rosto. Para finalizar, o sabor que tonifica o pulmão é o picante, sempre em pequena quantidade, senão pode produzir calor e lesar o organismo.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Finados



Homenagem aos meus amores que já voltaram à casa do Pai.
Meu amor eterno.

domingo, 23 de outubro de 2011


Definitivamente nossa primeira infancia nos marca de maneira sem igual.
A dança, a música, a arte sempre esteve muito presente em minha vida.Minha mãe, minha tia e minha avô eram muito musicais.Dia de domingo era literalmente uma festa!!Desde novinha comecei nas aulas de ballet e fui com elas até meus 16 anos.Minha mãe era professora de artes plásticas e eu respirava cores e formas de algum modo.
Quando cresci, virei mulher, tive filhos, me afastei de parte de mim ... dessa essência que me relaxava e me nutria também.Já com o corpo fora de forma matei o sonho da bailarina, dos palcos que na realidade sempre foram parte de mim.O tempo começou a passar mais rápido.Era tempo de escolhas.E eu tenho muita dificuldade em fazer escolhas.rsrsr...
Essa semana o desejo de expressão corporal veio com tudo.Uma certa nostalgia...um sentimento de velhice, de fim, de acabado ...
Assisti um video de uma senhora de 81 anos que aos 50 começava a fazer a formação em dança como terapia.Foi fascinante me imaginar resgatando essa parte de mim, lembrar que também sou, de certa maneira, bailarina e que ainda há tempo.Será que deixamos de ser uma determinada coisa só porque deixamos ela de lado um pouco?Será que todos os ensinamentos apreendidos foram jogados fora?Acredito que eles estão dentro de mim, em algum lugar.Meu corpo pode não acompanhar com tanta precisão e resistência os movimentos,posso não ter a mesma levesa pelo peso corporal que não condiz mais ao de uma bailarina,porém minha mente se movimenta,sente, saltita, dança grandes valsas...
Penso que ia ser muito interessante juntar o que sei e essa nova forma de terapia através da dança.Vou jogar essa idéia para o universo.Se tiver de ser, que venha...
Hoje minha visão de mundo também mudou.Não sou a de tempos atrás.
Minha pretenção não se limita a mim, nem ao meu corpo físico ...
Quero dar as mãos, aprender com o outro e ser feliz... quero proporcionar isso para outros também.
A dança agrega, não exclui e é isso que me encanta.
Danielle

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

sábado, 15 de outubro de 2011

terça-feira, 11 de outubro de 2011

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Santa Terezinha - Santa das rosas




A santa das rosas
Por que Santa Teresinha é conhecida mundialmente como "A Santa das Rosas"?

No dia 11 de março de 1873, não sabendo mais o que fazer para curar sua pequena Thérése de uma atroz gastroenterite, Zélie Martin resolveu ir a Sémaillé, um vilarejo próximo a Alençon, à procura de uma senhora chamada Rose Taillé para ser a ama-de-leite de sua caçula.

Assim, de 16 de março de 1873 a 2 de abril de 1874, Teresa viveu nesse lugar onde os habitantes tinham um belo costume: presentearem-se, por qualquer motivo, com flores. É provável que a precoce convivência com esses odores tenha acendido em nossa santa uma paixão que jamais a abandonará: as flores, especialmente as rosas.

Em carta à sua prima Maria Gurérin, escrita no dia 18 de agosto de 1887, Teresinha vai afirmar seu amor pelas rosas: "Amo tanto uma bela rosa branca, quanto uma rosa vermelha".



Sentia-se feliz quando podia lançar pétalas de rosas para o alto quando passava o ostensório com o Santíssimo Sacramento. Madre Inês, sua irmã de sangue, relata que, no dia 14 de setembro de 1897, Teresinha ganhou uma rosa e a desfolhou sobre o crucifixo de forma muito carinhosa. Algumas pétalas caíram no chão da enfermaria. Muito seriamente, a santa teria afirmado: "Ajuntai bem estas pétalas, minhas irmãzinhas, elas vos servirão a dar alegrias, mais tarde... Não percam nenhuma..."
Seu prazer era atirar flores no grande crucifixo do pátio do Carmelo. Gostava de cobrir o seu crucifixo de rosas de forma muito cuidadosa, afastando as pétalas murchas. No entanto, não lançava flores em ninguém. Madre Inês conta que certa vez colocou-lhe rosas nas mãos, pedindo-lhe que as atirasse em alguém, como sinal de afeto. A santa recusou-se a fazê-lo. Ela só desfolhava e lançava rosas para seu amado Jesus.

Santa Teresinha aproveita a imagem da rosa para explicar um elemento importante de sua "Pequena Via": "Compreendi que o brilho da rosa... não tira o perfume da pequena violeta... Compreendi que, se todas as florzinhas quisessem ser rosas, a natureza perderia seu enfeite primaveril..." Por isso, ela conclui, Deus criou " os grandes santos que podem ser comparados.... às rosas". No jardim da vida há lugar para as humildes flores, as frágeis violetas, que não possuem o vigor e o perfume das rosas, mas mesmo assim enfeitam o mundo. As rosas são os gigantes da fé. As violetas são as almas pequenas que trilham o pequeno caminho.

Quem tanto amava as rosas, vai prometer, quase ao fim da vida, que fará chover rosas sobre o mundo. Com esta promessa estava se prontificando a interceder pela humanidade junto a Deus. Haveria de conseguir muitas graças e bênçãos junto ao Pai. Após sua morte os milagres irão se multiplicar. Ela prometeu continuar sua missão no céu, trabalhando para o bem das almas e não frustrou os que confiam em sua oração. Ainda hoje são muitos os relatos de curas, milagres e conversões realizados por intermédio da humilde carmelita.

Oração:

O dia de hoje é de paz interior.
Você pode confiar em Deus de que você está exatamente onde precisa
estar.
Não esqueça as infinitas possibilidades que nascem da sua fé...
Use esses presentes que você tem recebido e passe-os com o amor que
tem sido dado a você.
Alegre-se de saber que você é filho de Deus.
Deixe que essa presença penetre em seus ossos, permitindo que sua
alma cante livremente, dance, ore e ame.
Isso é para cada um de nós todos..



Só para relaxar!!!!Vamos rir um pouquinho?
Beijos,
Danny

Paciência (Lenine)

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para...

Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...

Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...

O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...

Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...

Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para...

A vida não para...

Rubem Alves

Qual é o lugar mais importante da sua casa? Eu acho que essa é uma boa pergunta para início de uma sessão de psicanálise. Porque quando a gente revela qual é o lugar mais importante da casa, a gente revela também o lugar preferido da alma. Nas Minas Gerais onde nasci o lugar mais importante era a cozinha. Não era o mais chique e nem o mais arrumado. Lugar chique e arrumado era a sala de visitas, com bibelôs, retratos ovais nas paredes, espelhos e tapetes no chão. Na sala de visitas as crianças se comportavam bem, era só sorrisos e todos usavam máscaras. Na cozinha era diferente: a gente era a gente mesmo, fogo, fome e alegria.

"Seria tão bom, como já foi...", diz a Adélia. A alma mineira vive de saudade. Tenho saudade do que já foi, as velhas cozinhas de Minas, com seus fogões de lenha, cascas de laranja secas, penduradas, para acender o fogo, bule de café sobre a chapa, lenha crepitando no fogo, o cheiro bom da fumaça, rostos vermelhos. Minha alma tem saudades dessas cozinhas antigas...

Fogo de fogão de lenha é diferente de todos os demais fogos. Veja o fogo de uma vela acesa sobre uma mesa. É fogo fácil. Basta encostar um fósforo aceso no pavio da vela para que ela se acenda. Não é preciso nem arte nem ciência. Até uma criança sabe. Só precisa um cuidado: deixar fechadas as janelas para que um vento súbito não apague a chama. O fogo do fogão é outra coisa. Bachelard notou a diferença: "A vela queima só. Não precisa de auxílio.




A chama solitária tem uma personalidade onírica diferente da do fogo na lareira. O homem, diante de um fogo prolixo pode ajudar a lenha a queimar, coloca uma acha suplementar no tempo devido. O homem que sabe se aquecer mantém uma atitude de Prometeu. Daí seu orgulho de atiçador perfeito..." Fogo de lareira é igual ao fogo do fogão de lenha. Antigamente não havia lareiras em nossas casas. O que havia era o fogo do fogão de lenha que era, a um tempo, fogo de lareira e fogo de cozinhar.

As pessoas da cidade, que só conhecem a chama dos fogões a gás, ignoram a arte que está por detrás de um fogão de lenha aceso. Se os paus grossos, os paus finos e os gravetos não forem colocados de forma certa, o fogo não pega. Isso exige ciência. E depois de aceso o fogo é preciso estar atento. É preciso colocar a acha suplementar, do tamanho certo, no lugar certo. Quem acende o fogo do fogão de lenha tem de ser também um atiçador.


O fogão de lenha nos faz voltar "às residências de outrora, as residências abandonadas mas que são, em nossos devaneios, fielmente habitadas" (Bachelard). Exupèry, no tempo em que os pilotos só podiam se orientar pelos fogos dos céus e os fogos da terra, conta de sua emoção solitária no céu escuro, ao vislumbrar, no meio da escuridão da terra, pequenas luzes: em algum lugar o fogo estava aceso e pessoas se aqueciam ao seu redor.

Já se disse que o homem surgiu quando a primeira canção foi cantada. Mas eu imagino que a primeira canção foi cantada ao redor do fogo, todos juntos se aquecendo do frio e se protegendo contra as feras. Antes da canção, o fogo. Um fogo aceso é um sacramento de comunhão solitária. Solitária porque a chama que crepita no fogão desperta sonhos que são só nossos. Mas os sonhos solitários se tornam comunhão quando se aquece e come.

Nas casas de Minas a cozinha ficava no fim da casa. Ficava no fim não por ser menos importante mas para ser protegida da presença de intrusos. Cozinha era intimidade. E também para ficar mais próxima do outro lugar de sonhos, a horta-jardim. Pois os jardins ficavam atrás. Lá estavam os manacás, o jasmim do imperador, as jabuticabeiras, laranjeiras e hortaliças. Era fácil sair da cozinha para colher xuxús, quiabo, abobrinhas, salsa, cebolinha, tomatinhos vermelhos, hortelã e, nas noites frias, folhas de laranjeira para fazer chá.

Ah! Como a arquitetura seria diferente se os arquitetos conhecessem também os mistérios da alma! Se Niemeyer tivesse feito terapia, Brasília seria outra. Brasília é arquitetura de arquitetos sem alma. Se eu fosse arquiteto minhas casas seriam planejadas em torno da cozinha. Das coisas boas que encontrei nos Estados Unidos nos tempos em que lá vivi estava o jeito de fazer as casas: a sala de estar, a sala de jantar, os livros, a escrivaninha, o aparelho de som, o jardim, todos integrados num enorme espaço integrado na cozinha. Todos podiam participar do ritual de cozinhar, enquanto ouviam música e conversavam. O ato de cozinhar, assim, era parte da convivência de família e amigos, e não apenas o ato de comer. Eu acho que nosso costume de fazer cozinhas isoladas do resto da casa é uma reminiscência dos tempos em que elas eram lugar de cozinheiras negras escravas, enquanto as sinhás e sinhazinhas se dedicavam, em lugares mais limpos, a atividades próprias de dondocas como o ponto de cruz, o frivolité, o crivo, a pintura e a música. Se alguém me dissesse, arquiteto, que o seu desejo era uma cozinha funcional e prática, eu imediatamente compreenderia que nossos sonhos não combinavam, delicadamente me despediria e lhes passaria o cartão de visitas de um arquiteto sem memórias de cozinhas de Minas.

As cozinhas de fogão de lenha não resistiram ao fascínio do progresso. As donas de casa, em Minas, por medo de serem consideradas pobres, dotaram suas casas de modernas cozinhas funcionais, onde o limpíssimo e apagado fogão à gás tomou o lugar do velho fogão de lenha. As cozinhas, agora, são extensões da sala de visitas. Mas isto é só para enganar. A alma delas continua a morar nas cozinhas velhas, agora transferidas para o quintal, onde a vida é como sempre foi. Lá é tão bom, porque é como já foi.

Eu gostaria de ser muitas coisas que não tive tempo e competência para ser. A vida é curta e as artes são muitas. Gostaria de ser pianista, jardineiro, artista de ferro e vidro - talvez monge. E gostaria de ter sido um cozinheiro. Babette. Tita. Meu pai adorava cozinhar. Eu me lembro dele preparando os peixes, cuidadosamente puxando a linha que percorre o corpo dos papa-terras, curimbas, para que não ficassem com gosto de terra. E me lembro do seu rosto iluminado ao trazer para a mesa o peixe assado no forno.

Faz tempo, num espaço meu, eu gostava de reunir casais amigos uma vez por mês para cozinhar. Não os convidava para jantar. Convidava para cozinhar. A festa começava cedo, lá pelas seis da tarde. E todos se punham a trabalhar, descascando cebola, cortando tomates, preparando as carnes. Dizia Guimarães Rosa: "a coisa não está nem na partida e nem na chegada, mas na travessia." Comer é a chegada. Passa rápido. Mas a travessia é longa. Era na travessia que estava o nosso maior prazer. A gente ia cozinhando, bebericando, beliscando petiscos, rindo, conversando. Ao final, lá pelas onze, a gente comia. Naqueles tempos o que já tinha sido voltava a ser. A gente era feliz.

Sinto-me feliz cozinhando. Não sou cozinheiro. Preparo pratos simples. Gosto de inventar. O que mais gosto de fazer são as sopas. Vaca atolada, sopa de fubá, sopa de abóbora com maracujá, sopa de beringela, sopa da mandioquinha com manga, sopa de coentro... Você já ouviu falar em sopa de coentro? É sopa de portugueses pobres, deliciosa, com muito azeite e pão torrado. A sopa desce quente e, chegando no estômago, confirma...A culinária leva a gente bem próximo das feiticeiras. Como a Babette (A festa de Babette) e a Tita (Como água para chocolate)... (Correio Popular, Caderno C, 19/03/2000.)

Deixando se levar pela música ....

sábado, 1 de outubro de 2011

A mensagem das flores



Há séculos que pessoas espiritualistas envolvidas com a cura estudam as flores e suas possibilidades de cura. Sim, anteriormente ao estabelecimento da medicina, nos moldes que conhecemos hoje, essas pesquisas já eram feitas por pessoas espiritualistas mais conhecidas como alquimistas, xamãs, bruxos. Somente há quase um século é que foi sistematizado o uso do floral. A história da Medicina Chinesa, muito mais antiga que a história do Brasil, sempre utilizou as flores, frutos, castas, raízes. Na Ásia em geral, até se come flores nas saladas. Há outras tradições, como a história da Persa, onde hoje fica o Irã, com profundo conhecimento de ervas, plantas e flores, assim como como a cultura árabe antes do islamismo famático, sem falar do Egito dos Faraós, a mega do conhecimento esotérico anterior ao aparecimento de Jesus – e onde ele foi treinado em vários aspectos do uso da transmissão da energia de cura universal, ou seja, eletromagnetismo, o mesmo da Terra. Seres humanos e plantas respiram o mesmo ar, se alimentam da mesma energia eletromagnética, tem nascimento, crestimento, produtividade e morte. Não há superioridade de um sobre o outro, há domínio, assim como houve na escravidão dos negros.

A intuição levou o ser humano a ler o desenho ou “assinatura” de cada flor e fazer associações com partes do corpo, órgãos, vísceras, males, doenças, enfermidades do corpo e do espírito. A mediunidade auxiliou e mostrou o que cada flor traz uma mensagem, seja pelo tamanho, desenho geométrico, o perfume ou a ausência dele, as cores, as estações e os lugares em que nascem. Cada espécie vegetal tem uma função e uma missão. Olhar para uma árvore e se colocar no lugar dela como um ser vivo indefeso, sem pernas para correr e sem braços para se defender dos ataques humanos, é de chorar, especialmente porque sabenos que nenhuma planta vive por acaso no planeta. O acaso não existe nem nas nossas vidas diárias, quanto mais na existência de seres de dimensões diferenciadas como as plantas.

Há uma interligação entre as diferentes esferas energéticas universais, nas quais se insere o ser humano e tudo aquilo que se materializa e pode ser visto ao olho nú. Os chamados mundos paralelos são bem reais para muitas pessoas. Assim como existem pessoas mais evoluídas que outras, existem espécies vegetais e pessoas mais sensíveis podem mesmo falar com as plantas e entrar em suas dimensões de conhecimento, quase sempre relacionadas com a cura do ser humano, o maior inimigo. Alguns sistemas de floral foram materializados pela espiritualidade através da mediunidade de alguns canalizadores de florais. Outros foram criados por imitação dos já existentes, pela leitura das flores ou pela utilização do conhecimento da fitoterapia.

Quando a gente fala que há séculos existe esse conhecimento, alguns estudiosos da medicina alopática viram os olhos para cima, em um gesto de desprezo. Isso não é nada mais nem nada menos do que um gesto de ignorância, ou seja, ausência de conhecimento, retirado da própria medicina por interesses econômicos. As bibliotecas públicas brasileiras são pobres e desprivilegiadas, tanto do amparo governamental quanto do cuidado popular, mas existem bibliotecas em outros países onde há bastante material de estudo nesta área. Em outros países, há o conhecimento de que a biblioteca pública é sinônimo de desenvolvimento, emprego, educação e acesso aos desprivilegiados econômicos, a grande massa da população. Disponibilizar livros com conteúdos do conhecimento popular é uma necessidade vital e isso falta no Brasil inteiro. Há inúmeras escolas públicas sem bibliotecas nem para a consulta simples de alunos e professores, quanto mais para leitura especializada nas terapias complementares.

Outro descaso fica por conta das editoras. A maioria não se interessa por publicar livros educacionais e as “novas” terapias, como a Terapia Floral, sofre com essa ignorância. A maioria não manda exemplares gratuitos para as bibliotecas públicas ou nem sabem que elas existem. Não há livros disponíveis nas poucas bibliotecas e grande parte da população não tem como tirar dos limitados salários um montante para a aquisição de livros. Essa cultura da pouca leitura está formando seguidores e a internete já ocupa espaços na leitura do que nada ensina. Os livros existentes nessa área são caros. Por que será que o país que exporta madeira para a fabricação de papel vende livros tão caros? Alguns escritores brasileiros têm que pagar do próprio bolso para ter seus livros publicados…!


Como terapeuta, tenho visto bons colegas deixarem de trabalhar porque não conseguem custear livros para o continuo aprendizado nem dispõem de bibliotecas públicas para a pesquisa. Isso significa que muito talento está sendo desperdiçado no país inteiro e as futuras gerações vão pagar caro por esse descaso. Sim, as flores falam e curam. É um reino encantado e maravilhoso. O país é um dos mais ricos do mundo em variedades vegetais, colocado à disposição pelos senhores do universo mas seus filhos brasileiros não acordam para essa realidade. A Terapia Floral faz milagres reais, simples, baratos e profundos, que modificam vidas com gotinhas debaixo da língua.


Por José Joacir dos Santos



A resposta está no fundo do seu ser. Você sabe quem é e o que quer.
Lao Zi

Tarô alquimico




O Tarot Alquímico é um mergulho nas imagens do inconsciente coletivo. Um mergulho nas águas profundas que embalaram o espírito no ventre da criação. Seus símbolos ajudam no despertar do ser em busca de si mesmo. Valem mais que mil palavras, que qualquer sentido racional de interpretação. Seu real valor existe para libertar nossos potenciais mais recônditos, abatidos por nossa ignorância com relação a quem realmente somos, ao verdadeiro sentido da vida, à busca interior.

Nas cartas, muitos caminhos se desvendarão, véus cairão diante de nós. Nessa caminhada, o espírito se manifestará através dos símbolos para dizer com clareza o que precisamos ouvir.

Criado pelo alquimista Joel Aleixo, com imagens do artista DMS, o Tarot Alquímico é um mergulho no inconsciente, onde os Arcanos Maiores revelarão para o consulente as questões e tendências que se apresentam em sua vida.

De natureza divinatória, o Tarot Alquímico não é utilizado de maneira profana, ou seja, seu objetivo é ser uma transmissão fiel ao consulente daquilo que seu inconsciente deseja manifestar, através da interpretação dos arquétipos nas diversas áreas da sua vida.

Leituras Disponíveis:

Revolução Solar – leitura realizada anualmente, em ocasião próxima à data de aniversário do consulente, com foco nas energias e desafios que se apresentam para o próximo ano.

Ritmo das Estações – realizada a cada três meses, no máximo quatro vezes ao ano, este ritmo é o mais indicado para aqueles que querem fazer um trabalho mais espiritual, dando ênfase ao autoconhecimento.

Ritmo Solar ou Lunar – realizado em intervalos de uma lunação completa (28-30 dias), totalizando três sessões em três meses. Para um acompanhamento mais intenso do momento vivido pelo consulente, através dos conselhos herméticos do Tarot.

Consulta Rápida – leitura com foco em apenas um assunto, em intervalos de uma lunação completa ou momentos de extrema necessidade.

Luz no Caminho



Existem apenas duas maneiras de viver.
Uma é como se nada fosse um milagre.
Outra é como se tudo fosse um milagre.

-Albert Einstein

* * * OS SIGNOS DO ZODÍACO * * *

ÁRIES




O signo de Áries se inicia em 21 de Março e termina em 19 de Abril. É um signo positivo, masculino, violento, diurno e animal. Simboliza a exteriorização, a energia, a ação. É este impulso vital que leva o bebê ao nascimento, é o primeiro movimento e o primeiro alento de tudo o que vive.

Governado por Marte, Deus da Guerra na Mitologia Grega, simboliza tudo o que este Deus do Olimpo simbolizava: a guerra, as armas de fogo ou brancas, a velocidade, o fogo, a virilidade, o impulso animal. Marte governa a cabeça, e por causa disso dificilmente os Arianos escapam de ferimentos na cabeça, ou rosto, que sempre deixam uma cicatriz, uma marca desta energia destrutiva e violenta.

Mas o que seria o mundo se não existisse esse impulso vital? As iniciativas, a coragem, o comando, a ambição, o desejo de autoridade e de execução, a realização dos projetos são governados por este planeta e significados pelo Signo, e sem eles nada se realizaria.. Não é à toa que é a primeira casa do Zodíaco, casa do elemento fogo, sem o qual nada se cria.

É neste signo que se encontram a maioria dos esportistas, amantes da velocidade, do risco, e de todas as artes marciais, e também os cirurgiões, ferreiros, os militares ( Marte-Saturno) mas também os assassinos que disparam suas armas de fogo, ou de corte, que dilaceram suas vitimas, assim como fazem os açougueiros com as peças de gado ….

Duas faces da mesma medalha? Sim porquê os natos deste signo de violência, levados pelo impulso e pela imprudência, agem precipitadamente, sem perseverança, e sem muito controle de suas emoções, se envolvendo em brigas, e acidentes. O impulso que os leva a ter um espírito de luta, decisão, iniciativa e liderança, também pode ser descontrolado e perigoso!

Para controlar este impulso excessivo, as artes marciais e os esportes são necessários e benéficos. Tudo com a justa medida!

Na saúde, como já dissemos seu ponto fraco é a cabeça, razão pela qual dificilmente escapam de algum ferimento. São também sujeitos a febres violentas e súbitas, erupções cutâneas, abcessos e logicamente aos acidentes.

Áries e o amor:

Sendo seres impetuosos, os arianos se apaixonam de pressa, se jogando no relacionamento com o ardor que lhes é peculiar. Tem uma grande necessidade de sexo, sempre e em qualquer lugar, e sendo precipitados, e pouco pacientes, podem estragar as coisas não dando a devida atenção ao seu parceiro. Se o parceiro não for da mesma forma entusiasmado eles podem se desinteressar rapidamente e ‘partir para outra’. Cultivem a tenacidade e a paciência para relacionamentos duradouros.

Aries e a casa:

E como seria um quarto para o nativo deste signo? Para o ariano, nativo do menos noturno dos signos, entrar em seu quarto à noite, já é quase deixá-lo de manhã cedo, pois ele adormece de uma vez e acorda da mesma maneira, e com a corda toda! Por isso o ideal para ele é uma decoração isenta de muitos detalhes, funcional e descomplicada. Espaços amplos são fundamentais, onde se possa andar a passos largos, respirar amplamente, cuidar do físico, pois trata-se de um aficionado pela vida saudável. Pode ter em sua casa um canto para os hobbies ou uma pequena academia de ginástica. Aliás vemos muitos arianos nas academias de ginastica. Pudera, com aquela energia toda para gastar! Cores vivas e frescas são as mais indicadas, para o seu equilíbrio, como o rosa baunilha, rosa indiano, com tons vermelho e alguns toques de verde natureza!


TOURO

Este segundo signo do Zodíaco, inicia-se em 20 de abril e termina em 20 de maio. É negativo, feminino, noturno e tortuoso. Signo de Terra, é governado pelo planeta Vênus.

Assim como a Deusa da Mitologia que o governa, o signo de Touro simboliza a mãe terra, a Deusa Géa, a natureza, os campos, as construções materiais e estáveis, a elaboração e gestação da criação.

A agricultura e o mundo financeiro, são também governados por este signo, cujos nativos desejando a estabilidade, acumulam riquezas, casas e terrenos, jóias e dinheiro sólido, e tudo o que pode lhes proporcionar uma sensação de estabilidade e segurança.

Se de um lado este desejo de segurança é positivo, o Taurino não deve esquecer que pode se exceder num acumulo imoderado de posses! A calma e a paciência característicos do signo podem se tornar excessivos, tornando-se obstinação e teimosia, e mostrando os nativos que eles podem ser verdadeiros touros furiosos!

Sendo um signo de Beleza, os nativos e nativas deste signo tem um enorme poder de atração, verdadeiro magnetismo para atrair o que desejam, e possuem um temperamento as vezes simplista e um pouco "naif", especialmente aqueles que se dedicam ao campo, à agricultura, à criação de animais.

Devem tomar muito cuidado com a teimosia, e também com a gula que dificilmente conseguem controlar! O Taurino é dono de uma bela voz, mas deve ter cuidado com sua garganta, pescoço e também com a boca, que se inflamam com facilidade.

O Touro e o Amor:

O Taurino é um amigo leal e fiel, e desta forma será um parceiro sempre confiável. Porém no amor, pode ser um pouco exclusivista e precisará desenvolver o desprendimento e a doação, para equilibrar o seu sentimento de posse, que o torna excessivamente ciumento e inflexível. O eixo Touro/Escorpião é seguramente o mais possessivo do Zodíaco!

É possível que pela sua necessidade de estar sempre com o companheiro, ele se empenha para estar sempre presente na vida do parceiro, o que pode ter uma resposta contrária às suas pretensões. Deve portanto aprender a deixar espaço, e a dar ‘tempo ao tempo’, para não sufocar o ser amado. O taurino é um amante maravilhoso mas deve tomar cuidado para não monopolizar a vida do parceiro pois acabará por amedronta-lo.

O Touro e a Casa

Os Taurinos dão muita importância às posses, e por consequência a sensação de segurança que uma casa pode oferecer será uma prioridade máxima em sua vida. São bastante rústicos em seus gostos, ou as vezes um pouco excessivos, tendo sempre objetos ‘sobrando’, pequenas lembranças de viagem, entulhando o caminho. Eles não se desfazem de nada!

Onde o Taurino dorme é como um jardim secreto, que ele não divide facilmente. Para este nativo do signo de terra, tão possesivo e sensual, o prazer dos olhos não é suficiente, é preciso tocar as coisas para que elas possam satisfazê-lo. Roupas espalhadas e muitos objetos de artesanato, como tapetes de fibras naturais, são presenças garantidas neste espaço que na realidade, seria como uma grande alcova, com uma varanda, cercada por plantas e flores, de preferência, onde podem sentir todo o prazer sensual do qual eles tanto necessitam. As cores favoráveis são os tons da natureza, como brique, verde, Terra-di-Siena e pêssego.


GÊMEOS

O terceiro signo do Zodíaco, Gêmeos, se inicia em 21 de maio e termina em 21 de junho. É um signo de Ar, mutável, positivo, masculino duplo, estéril, loquaz e volátil. É regido pelo planeta Mercúrio, que simboliza o intelecto, a razão.

Se identifica com o elemento aéreo, a dualidade, e tem uma grande habilidade para os negócios, o trabalho intelectual, as relações, o comercio, e os meios de comunicação. O planeta Mercúrio, na mitologia grega, era o mensageiro dos Deuses, trazendo e levando notícias, mas também fazendo lá suas fofócas…(que não foram poucas!)

Os nativos do signo são pessoas de grande poder intelectual, muitas vezes usado indevidamente. Explico: por serem muito curiosos, e terem tendência à superficialidade, cansam-se facilmente de um assunto e passam para outro assim que dominam o primeiro. Sendo espertos, têm facilidade para enganar os outros, e são excelentes comerciantes.

Têm o dom da comunicabilidade, sendo às vezes um pouco tagarelas! Sua mente é engenhosa, hábil, com facilidade de compreensão, e assimilação. Têm facilidade de se adaptar às mudanças na vida, gostando de experiências sempre novas e renovadas.

Devem tomar cuidado para não dispersar suas energias, por causa do elemento volátil de que são feitos. Têm facilidade para línguas e têm o dom da imitação. Gostam de argumentar e seu raciocínio lógico lhes dá sempre razão! Cuidado para não trapacear!

Os nativos de Gêmeos possuem também habilidade manual, que pode torná-los hábeis prestidigitadores (mágicos ou … ladrões )! Depende sempre de como são utilizados os dons!

Os pontos fracos em seu organismo são: os pulmões, os braços, mãos e ombros, onde estarão sujeitos a descarregarem as suas ansiedades. Por isso têm facilidade de resfriados e todas as complicações do aparelho respiratório.



Gêmeos e o Amor:

O Geminiano, é rápido para se apaixonar, e diz tudo o que pensa. Se for romântico não terá dificuldade de expressar os seus sentimentos, de maneira bastante direta.

Não sendo muito paciente pode não dar tempo ao parceiro de reagir, ou não escutá-lo com suficiente atenção. Ele costuma colocar ‘as palavras na boca dos outros’! As vezes ele tem necessidade de mais de um relacionamento, e para não ser acusado de inconstância, deve falar francamente com o parceiro, já que nem todos os relacionamentos são necessariamente ‘sexuais’. Outro ponto importante é o relacionamento intelectual com o parceiro, já que ele precisa de um estímulo constante de interesse. Pratique a paciência!



Gêmeos e a Casa:

Como seria o espaço onde vive o geminiano? A moda está sempre em dia na casa dos geminianos, pois nada é permanente, a não ser as constantes mudanças! Os móveis, por exemplo, nunca permanecem por muito tempo no mesmo lugar e as estampas florais de hoje, poderão em breve ser substituídas pelo listrados ou pelo composé geométrico da estação.

Por ter medo de se entediar, é comum deste nativo brincar com a decoração. Precisam também de um lugar para seus livros e revistas, com os quais se alimentam diariamente. Para completar o ambiente onde vivem, gostam tanto de cortinas drapeadas e espelhos aparentes, quanto do despojamento do estilo clean e atual. Adoram a ilusão das pinturas "tromp l’oeil" e os tons metálicos, o amarelo, azul e cinza claro.

CÂNCER





Muito sensível e facilmente vulnerável ao seu interior, deixando a impressão para os outros de um escudo impenetrável, seguro e muito tenaz. Protetor e fiel da família, com um sentimento instintivo pelo ‘clã’ e, na política, pelo patriotismo. É intuitivo na hora de conhecer a atmosfera que o rodeia. É suscetível e leva as coisas a sério. Simpático, imaginativo, sentimental e reservado, gosta de guardar coisas e recordar o passado. Tem muito cuidado com o dinheiro e sabe economizá-lo. É perspicaz, sagaz e com uma memória excelente. Pode ser egoísta e tranqüilo. No amor é sensível e romântico, com muito instinto maternal na mulher, assim como protetor no homem. Costuma ser possessivo.

O signo e a natureza:.
Com a passagem do sol ao solstício de verão, no momento em que ele perfaz sua mais longa e elevada trajetória, as plantas geralmente atingem seu tamanho natural. Agora, elas adquirirão maior consistência, e seus frutos intumescerão graças à afluência da seiva, que sobe ininterruptamente, como se acionada fosse por uma bomba que nem por ser invisível deixa de ser menos perfeita. Este signo de Água em plena ação é regido pela Lua e nos mostra a vegetação em sua forma mais deslumbrante.

Os Alquimistas aqui terminam seu primeiro trabalho e meditam a respeito da subida da seiva: eles se perguntam por que este fenômeno não obedeceu às leis do peso, observando as trepadeiras e as plantas mais altas que se projetam em direção ao céu, enquanto a seiva, entre a casca e o tronco, avoluma-se e invade todas as porosidades. Eles crêem que certas propriedades permanecem escondidas às observações objetivas do homem, evocando deste modo o símbolo do signo, o caranguejo que se esconde sob a pedra no fundo do riacho.

Esta analogia vale para o próprio riacho: da nascente ao rio, ele corre seguindo as circunvoluções do terreno, segundo sua fantasia. Nada pode parar-lhe, ele transpõe as barragens e vence os obstáculos. É a estas leis que obedece a subida da seiva.

Os nativos de Câncer são de natureza passiva. Eles mostram mais força de inércia do que de vontade própria, vivendo segundo seus caprichos ou suas fantasias, aceitando todo constrangimento – até que chega o momento no qual uma simples gota faz o copo transbordar.

Os Alquimistas conhecem também, por analogia, o uso da água viva que eles vão procurar na natureza e que contém as partículas viventes que enriquecem a Turfa[2] no decurso das contínuas operações de umidificação e secagem a que é submetida. Eles lembram também dos Trabalhos de Hércules que evocam esta força invisível a empurrar a seiva de baixo para cima para ajudar a planta a se endireitar e atingir seu apogeu, força bem mais manifesta do que a evidenciada pela bem conhecida experiência da prensa hidráulica de Pascal.

“Os químicos queimam com o fogo, nós com a água”, dizem os Alquimistas. Com efeito, o fogo exterior não lhes serve para nada além de secar a Matéria.

A título de curiosidade, recordo a impressão que tinha no verão no hemisfério norte, a qual pode ser minimamente transposta para o nosso verão. O sol de julho chegava de maneira indireta, através de seu reflexo nas coisas; há mais atenção na natureza do que no céu. Em agosto, o sol – tão quente em Nova Iorque, onde morei – praticamente pesa sobre as cabeças das pessoas. É como se a natureza lhe cedesse a vez na atenção. Tenho a impressão de que algo semelhante acontece nos meses de janeiro e fevereiro no Rio de Janeiro. (Observação de Pedro Sette Câmara)

Segundo António de Morais Silva, turfa designa um “carvão fóssil, resultante da fermentação de musgos e plantas aquáticas no seio de águas claras, lentas e de temperatura relativamente baixa”. O Larousse du XXe siècle acrescenta que, em jargão alquímico, turfa dos filósofos é como era conhecida “a redução do mercúrio, isto é, a redução de um metal a mercúrio”. A origem etimológica desse vocábulo remonta ao latim turba, o qual passou ao alemão arcaico como Zurff, logo evoluído para Torff. A língua inglesa por sua vez registra turf.

A experiência referida deitou os fundamenos da hidráulica moderna. Consistiu no seguinte. Um barril cheio de água foi tampado e, na tampa, abriu-se um pequeno furo, tapado com uma rolha. Através da rolha foi metido um tubo, pelo qual era possível introduzir mais água no barril. O objetivo era verificar quanto da pressão exercida sobre a superfície de um volume líquido se transmite aos demais pontos. Abriram-se outros furos em diversos níveis do barril, e a água que desses furos jorrava tinha intensidade muito superior à da pressão originalmente aplicada na superfície. Dessa constatação resultaram inúmeras aplicações técnicas de utilidade prática.


LEÃO

Leão é um signo positivo, de Fogo, estéril, animal, e é governado pelo Sol.

O que dizer deste signo real, signo de Reis e comandantes, símbolo do domínio e da autoridade! Muito difícil é falar dos nativos deste signo, sem falar de sua altivez, seu orgulho e sua nobreza. O Leonino, tem muita vitalidade, força de vontade , senso de autoridade e de organização.

Adora comandar, e sempre se cerca de súditos, no meio dos quais ele, magnânimo, se coloca como um verdadeiro rei.

Adora as crianças, as festas, os amores, o teatro e o mundo artístico em geral. Se diverte como um verdadeiro gatinho com as brincadeiras, e ama os espetáculos, razão pela qual encontramos muitos atores neste signo. De fato onde o Leonino poderia se sentir mais em destaque que sobre um tablado, um palco, ou, porque não, um trono!

Muitas vezes o Leonino segue também o caminho do magistério pois ele adora ensinar. Seguramente em seu caminho, procurará encontrar a gloria e a celebridade.

Deve tomar cuidado com as paixões violentas, o excesso de vaidade e orgulho, os excessos de cólera, o gosto exagerado pela gloria que pode levá-lo a perder o senso da medida e a dramatizar em excesso, só para chamar atenção. Ele quer ser o centro do Universo a todo custo! A sua generosidade e magnanimidade o tornam alvo de aproveitadores, mas ele não se importa, contanto que o cerquem de todas as atenções !

Na saúde, os seus pontos fracos são o coração, a coluna vertebral e a medula óssea.

Leão e o Amor:

Ardentes, fieis, apaixonados! Que maravilha! Mas, sendo muito sensíveis, se magoam facilmente, e não perdoam com facilidade. Esperam sempre muito do outro, que deverá constantemente elogiar suas qualidades, especialmente o seu desempenho, e escovar o seu frágil ego.

Ele gosta de determinar o desenrolar dos acontecimentos, como numa cena de teatro, e prepara cuidadosamente todos os detalhes para uma ocasião memorável, seja o início de um caso, ou uma comemoração especial.

Devem tentar compreender que nem sempre o parceiro gosta de ser dominado, e quer tomar parte do cenário, não somente como uma simples peça de decoração.

Leão e a Casa:

E como seria uma casa, ou um quarto leonino? Ele adora receber portanto, vai preparar um cenário adequado para brilhar. Certamente sua casa lhe parecerá um palácio, um teatro. Este é o espaço ideal ocupado pelo leonino, onde móveis e objetos prolongam e refletem a imagem do dono do lugar, num subtil narcisismo. Realmente, este Leão, que na mitologia grega tem o arquétipo do Deus Apolo, é muito narcisista!

Em seu quarto, a cama se ergue como um trono, no centro das sedas douradas, adamascadas ou brocados. Tudo tende a brilhar e iluminar o quarto, onde duas colunas barrocas podem tranqüilamente serem usadas para reforçar a idéia de um suntuoso teatro. Materiais nobres e cores solares, como o amarelo vivo, o laranja, compõem este espaço com ares de realeza, e onde o brilho fixo e inalterável do ouro ignora as trevas noturnas e proclama bem alto que estes nativos querem ser eles mesmos sua própria luz.


VIRGEM

Tão diferente do signo tão fogoso que o precede, o signo de Virgem é um signo de Terra, negativo, estéril, humano e governado pelo planeta Mercúrio. Mercúrio rege o intelecto concreto, o raciocínio. Mas diferentemente do signo de Gêmeos, também regido por ele, este é um Mercúrio/Terra, pé no chão.

Os virginianos são geralmente pessoas devotadas, trabalhadoras, verdadeiras formiguinhas da natureza, sempre prontas a ajudar. Não é um signo fácil pois simboliza o trabalho subalterno, a classe operária, os trabalhos ligados à hospitais e saúde pública, muitas vezes aos laboratórios de pesquisa. De fato o virginiano tem um intelecto concreto muito privilegiado e é capaz de trabalhos minuciosos e laboriosos, brilhantes eu diria. O signo de Virgem rege os animais domésticos e não é raro termos veterinários deste signo, assim como médicos de medicina geral.

Suas qualidades são a interiorizarão, a adaptabilidade (esta talvez menos que os gêminianos), a aptidão para cálculos e análise. Tem muito senso lógico e discernimento e um espírito prático. São eficientes, práticos e engenhosos para fazerem o seu trabalho com muita responsabilidade, sem precisar ser cobrados.

Mas, como nada é perfeito, sendo eles pessoas excessivamente preocupados com a perfeição, se tornam as vezes chatos, "cri-cri", detalhistas ao extremo, sempre prontos a criticar os defeitos dos outros, exagerando no detalhe e nas minúcias, colocando ‘etiquetas’ em tudo! Podem ser também excessivamente preocupados com as doenças e a higiene, esterilizando tudo o que tocam, e desta maneira estarão mais sujeitos às doenças do que os outros, exatamente por causa da ausência de anticorpos! Suas cozinhas, e banheiros, parecem verdadeiros laboratórios de tão limpas! Os armários então? Nem se fala…Não suportam a bagunça!

Na minha opinião não existem em astrologia doze signos mas sim, seis signos e seus opostos. Por esta razão a nossa tarefa é sempre de nos familiarizarmos com o signo oposto (neste caso Peixes) e tentar chegar ao ponto do equilíbrio, o fiel da balança.

O nativo de Virgem tem o seu ponto fraco físico nos intestinos… (e não é lá que nosso corpo guarda a sua ‘sujeira’?).

Virgem e o Amor:

O virginiano empenha-se em manter as amizades, tentando agradar e tornar os amigos felizes. Da mesma forma, é dedicado no amor, relutando porém em se entregar completamente, talvez porque o seu senso crítico não o permita. Dificilmente ele relaxa! Sendo perfeccionista pode ser pouco criativo, tentando fazer sempre ‘tudo direitinho’.

Mas a vida precisa de um pouco de imprevisto, que afinal é como um pouco de tempero naquela linda e maravilhosa salada! Muitas vezes o virginiano não casa, ou casa tarde, ou estabelece uma relação onde a amizade é o elemento predominante. Ele também necessita que o parceiro seja um estimulante…intelectual por isso os interesses comuns são imprescindíveis.

Virgem e a Casa:

O que dizer da casa de um virginiano, se não que seria o lar perfeito, onde ‘cada coisa tem seu lugar e cada lugar tem uma coisa’ (ditados italianos…) ! Na sua mania de perfeição, não deixa nada ao acaso, tudo é estudado, limpo e arrumadinho. Ai de quem deixar uma meia jogada no banheiro! Ai de quem largar uma toalha molhada em cima da cama!

Minuciosos e detalhistas, nada é deixado ao acaso, tudo tem um porquê de ali estar. Prateleiras para livros e outros objetos são primordiais para que eles consigam achar lugar para seus muitos pertences. Móveis laqueados são sua preferências, evidentemente, sempre com certa linearidade para transmitir segurança e ordem.

E como seria um quarto ideal para o nativo de Virgem? Seguramente ele não deve escapar, como o restante de sua casa, à dignidade e a simetria impecável de que ele necessita. O sono e a noite são geralmente vistos como "desordem" por este nativo, razão possível das suas insônias freqüentes. Nas células perfeccionistas que são seus quartos, eles passam horas em arrumações sem fim, aliás um dos maiores prazeres deste signo, ou dedicando-se à descobertas de leituras úteis. As cores preferidas são o bege, areia, azul claro e todas aquelas cores ‘pastel’ que propõem uma atmosfera calma e tranqüila.



LIBRA ou BALANÇA

Este signo se inicia em 23 de setembro e termina em 23 de outubro. É um signo positivo, cardeal, de AR, governado por Vênus. O signo de Balança ou Libra, é um signo de exteriorização, de movimento, de beleza.

Os nativos do signo de Libra apreciam a beleza, as artes, são pessoas refinadas e com forte tendência social. São inteligentes como todos os nativos dos Signos de Ar. São governados pelo planeta Venus, mas diferentemente da Vênus-Terra do signo de Touro, são Vênus-Ar, etéreos e refinados.

Dão muita importância ao casamento e à vida social. São delicados, amáveis, e tem um temperamento afetuoso. São amantes da paz, e são bons diplomatas, tentando sempre apaziguar e conciliar os opostos.

Mas, com esta necessidade de fazer sempre as pazes, tendem a evitar uma boa briga ( as vezes saudável), e desta maneira ficam "em cima do muro", sem tomar partido. Isto os torna indecisos, e muitas vezes fazem o papel de "Pontio Pilatus" lavando-se as mãos e fingindo-se desinteressados......

São as vezes indolentes, e podem faltar de perseverança, parecendo levianos e amantes da vida alegre e fácil. Se deixam influenciar pelos elogios, talvez no intuito de serem agradáveis. Buscam a vida toda "o outro", o amor, o casamento, e o perseguem a qualquer preço, se envolvendo freqüentemente até em triângulos amorosos. Adoram a vida social e as festas e podem ser um pouco superficiais.

De qualquer maneira o Carma do Libriano é sem dúvida o casamento, ou as associações (ou sociedades) onde deverá aprender a tomar partido, tomar decisões, bater o punho na mesa e não ficar na indecisão.

Seu ponto fraco no organismo são os Rins, símbolo do relacionamento ‘a dois’, e filtro de nosso organismo.

Libra e o Amor:

Nas amizades ele parece sempre fazer o que os outros desejam, não demostrando grande entusiasmo mas tentando agradar a todos. E no amor? Bem o libriano precisa do amor como do ar para viver. Ele é afetuoso, carinhoso e retribui o afeto de maneira contagiosa. Eles amam o amor pelo amor…

Eles se envolvem facilmente nos relacionamentos, mas podem se frustrar com a mesma facilidade, pois tem uma idéia muito romântica do amor e do relacionamento. O libriano é ardente mas de uma forma um pouco lânguida. Para aproveitar plenamente o sexo, ele precisa de um ambiente confortável e descontraído de todo o tempo do mundo.

Libra e a Casa:

Como é a casa de um libriano? Seguramente muito charmosa, aconchegante e de uma estrema elegância. Qualquer que seja a moda ou o estilo predominante, a sua casa primará sempre pela grande harmonia dos elementos. Com almofadas jogadas ao acaso pelo chão, que induzem a um voluntário abandono, com vasos repletos de flores naturais e quadros dentro desta mesma temática espalhados pelas paredes, este espaço emana graça e sedução sem fim.

E cmo será o quarto de um libriano? Um charmoso convite para um descanso voluptuoso. Muitas almofadas macias, e, como são românticos por natureza, não dispensarão o uso de uma penteadeira cheia de frascos de perfumes…franceses é claro!.

As cores variam de acordo com as flores de sua preferência, geralmente as violetas, rosas, gardênias e glicínias. O libriano dispensa contrastes, para ele tudo deve estar em perfeito equilíbrio.


ESCORPIÃO

O signo de Escorpião inicia em 23 de outubro e termina em 22 de novembro. É um signo tão mal compreendido e, injustamente, vilipendiado! Oitavo signo do Zodíaco, é negativo, fixo, de Água, violento, fecundo, noturno e mudo. É governado pelo planeta Marte e tem como co-regente o planeta Plutão.

Os nativos deste signo são seres de grandes contrastes, em todos os sentidos, capazes de grandes ódios e de paixões violentas. Guardam dentro de si os seus sentimentos e seus dramas, demonstrando aparente frieza e controle. Mas, como sofrem! As forças ocultas, os ciúmes, os dramas passionais, os amores contrariados, roem suas entranhas e, em vão eles tentam controlá-los! Quando, como uma panela de pressão, não suportam mais este rebuliço interior, explodem, dilacerando-se e destruindo tudo o que está em volta!

E a paz vai voltar a reinar! É sim, pois estes nativos são também capazes de grandes sentimentos. Adoram pesquisar as profundezas da alma humana, em pesquisas que os levam a compreender o subconsciente (são ótimos psiquiatras) e, se possuírem a habilidade e o poder de julgar justamente, irão conseguir com tenacidade regenerar, recriar, fazer renascer as flores no meio das cinzas!

Parecem muitas vezes frios e calculistas, (e o são! ) mas o fazem para não mostrar seus sentimentos interiores. Dificilmente se revelam, parecendo reticentes e por isso são difíceis de serem compreendidos. Devem tomar cuidado para não ser manipuladores, pois são grandes estrategistas e adoram o poder!

Se envolvem freqüentemente em brigas por motivos de herança, e tem grandes sentimentos de vingança. Parecem ter um certo prazer em solapar a alma humana para colocar em mostra sua podridão!

Aconselho aos nativos deste signo, utilizarem suas capacidades a serviço da humanidade, dedicando-se à medicina, especialmente cirúrgica, à psiquiatria, à pesquisa, e a todas as profissões que os levem a compreender profundamente a miséria humana e a ajudar para sua regeneração! ( como as ciências ocultas por exemplo) Este signo é realmente o signo da redenção e da salvação, mas depende dele, ir buscá-la ! Devemos compreender que somente após a morte há salvação!

O ponto frágil em seu organismo são a bexiga, os órgãos genitais, o ânus e o nariz.

Escorpião e o Amor

O Escorpião não ama, se apaixona perdidamente, intensamente. Ele possui uma força maravilhosa dentro de si que deve ser canalizada para que as emoções possam se expressar de forma plena e gratificante. Mas, quando esta força ficar fora de controle, ela pode ser destruidora, assustadora mesmo! As grandes paixões do Escorpião se transformam em ódio, não há meias medidas.

A intensidade de suas emoções, a sua necessidade de envolvimento sexual podem levar o nato deste signo a situações difíceis, onde o impulso sexual o leva a ações que podem magoar o seu parceiro. O resultado seja talvez um sentimento de culpa, que dificilmente ele confessará. O ciúme é uma força destrutiva assim como o sentimento de posse exagerado. Com um pouco de auto-análise poderá chegar a um ponto de equilíbrio, especialmente com o tempo e a idade, que apaziguará todo o impulso canalizando-o de forma mais gratificante.

Escorpião e a casa:

Como é a casa ideal de um Escorpião? Seguramente uma casa de grandes contrastes, como são seus sentimentos. Ele tem muita energia e muita ambição, portanto procurará coisas sólidas, e sobretudo que reflitam todo o seu poder e sua ambição. Será sem dúvida um lugar de brilhos exagerados, veludos e cores contrastantes e ostentação de riqueza.

E como será o quarto deste nativo? Se em algum lugar do Zodíaco existe um quarto que antecipa a noite ou a prolonga sem fim, este, sem dúvida, será aquele de um nativo de Escorpião. Templo secreto, lugar roubado, este quarto recusa a luz do exterior para criá-la à sua maneira em seu interior. Cheio de contrastes, ele mescla cantos vazios com espaços repletos de elementos, materiais sedosos em forrações aveludadas, com texturas ásperas. Nas cores escarlates e sombrias, este templo de contrastes, e o centro de magia necessário ao desenvolvimento de seus sonhos mais profundos. Sensualidade à flor da pele, não dispensa uma sedutora chaise-longue escondida por um biombo sensual, para antecipar as suas noites de prazer.




SAGITÁRIO

O signo de Sagitário inicia em 22 de novembro e termina em 22 de dezembro. É um signo positivo, mutável, de Fogo e governado pelo planeta Júpiter. Sendo um signo masculino e duplo, tem um conflito entre as suas duas metades, a primeira humana e a segunda animal.

O nativo deste signo é expansivo, e… espaçoso! Ama os países estrangeiros, as grandes viagens, as aventuras e as coisas extravagantes e aprecia a vida saudável, a dança e os esportes ao ar livre; entre estes privilegia os cavalos e os esportes de grande velocidade.

Tem atração pelas religiões e filosofias, especialmente orientais, e também pelas coisas da lei e da justiça. São excelentes diplomatas e juristas, e também podem seguir a carreira religiosa.

Adora o comercio exterior e a navegação intercontinental, tudo para ele é grande: o Sagitariano não pensa pequeno. Ser de grandes idéias, imagina-se o próprio Júpiter reinando no Olimpo, e por esta razão acha que tudo lhe é permitido, tornando-o as vezes excessivamente generoso e um pouco "folgado" Sendo um pouco aventureiro é também algo infiel!

Tem qualidades de adaptabilidade, vitalidade e entusiasmo, um excessivo otimismo. Possui também uma grande sabedoria, intuição e mesmo o dom de profecia. Gosta de fazer pregações e ensinar.

Entre seus defeitos existe uma certa imprudência, o gosto pelo risco e pelo jogo, o gosto pela aventura e a consciência "elástica", que ele usa para se desculpar de todas suas atitudes. Sendo excessivamente idealista e otimista, não avalia bem o lado prático de suas ações, se decepcionando em seguida e por isso precisa de encorajamento muito mais do que ele deixa transparecer.

O ponto fraco em seu organismo são as coxas e as nádegas e ancas.

Sagitário e o Amor:

Sendo um bom amigo, pois sente prazer em ouvir e ser ouvido. Quando se apaixonam, podem entrar com bastante entusiasmo nas relações, mas por outro lado, serão bastante livres e independentes para buscar um outro amor ‘um pouco mais longe". A grama do vizinho é sempre mais verde! Cuidado para não se engajar em vários relacionamentos, já que não suporta o tédio sexual. Um relacionamento é total e completo quando há também … uma certa fidelidade, não é?

Dificilmente permitirá porém, que o casamento o monopolize, já que suas necessidades intensas parecem incompatíveis com um relacionamento estável e duradouro. Deve partir por uma relação aberta, onde ambos os parceiros busquem completar o outro, sem monopolizá-lo.

Sagitário e a Casa:

Qual a casa ideal para um sagitariano? Um avião, ou até um navio!!! Sim, porque o nato sob o signo de Sagitário, não para muito tempo num só lugar. Ele está sempre "entre duas partidas". Sua casa está repleta de lembranças do seu passado, mas está sempre pronto para receber aquelas do futuro. "O mundo é tão vasto" parece dizer cada objeto. Uma foto de seu cavalo preferido, lembra ao Sagitariano que a aventura é um esporte aristocrático.... Ao mesmo tempo senhor e vagabundo, este nato sabe tornar mais nobre a decoração de sua vida, mesmo preservando sua liberdade. Muitos objetos étnicos, de países distantes, o lembrarão de deixar uma mala sempre pronta.

E o quarto do Sagitariano como será? É quase como um hall de entrada para os seus sonhos, que o levam para as suas viagens longínquas, para suas aventuras. As cores são fortes, as madeiras nobres, que lembrem as areias douradas do deserto, ou as florestas verdejantes. O conforto é primordial e a cama, esta deve ser ….imensa!


CAPRICÓRNIO

O signo de Capricórnio, é o décimo signo do Zodíaco e inicia em 22 de dezembro e termina em 20 de janeiro. É um signo Cardeal, de Terra, e é governado pelo planeta Saturno. Sendo um signo tortuoso e violento, esconde dentro de si as emoções que ele não consegue exteriorizar e que tanto o atormentam.

Os natos deste signo são pessoas aparentemente calmas e controladas, raramente se abalando com os acontecimentos. São porém bastante negativos, se fechando num mundo próprio e se tornando inacessíveis como as altas montanhas que tanto os atraem. Os lugares elevados e isolados são seus prediletos, já que são governados pelo planeta Saturno. Têm uma tenacidade incrível para superar obstáculos e lutam para alcançar o que desejam. Têm muitas vezes uma infância difícil e não raro, cheia de responsabilidades.

Sendo pessoas determinadas e ambiciosas, vão lutar para alcançar a sua meta, custe o que custar, e gostam de alcançar postos elevados, como políticos, ministros, diplomatas. Não se contentam com pouco e acumulam sua fortuna pacientemente, como formigas trabalhadeiras.

Se de um lado isto os ajuda a "subir na vida", por outro lado, o excessivo senso de responsabilidade e o senso do dever, lhes dá o "complexo de ATLAS" isto é, gostam de carregar o mundo em suas costas! Mas como se queixam! Podem se tornar egoístas, pessimistas, um pouco tacanhos (Tio Patinhas! ) e muitas vezes aparentam ser frios e reservados, dando muita importância a seus princípios tradicionais rígidos e inflexíveis!

Aprendam a relaxar um pouco! O mundo não é tão pesado ! O Planeta Saturno é o planeta mais rígido do sistema Solar, pesado, inflexível e cobrador! Não deixem que a rigidez excessiva os impeça de gozar os prazeres da vida!

Entre as suas qualidades, encontramos a seriedade, a confiabilidade, e a sobriedade. Não raramente tem senso de humor, um tanto sarcástico porém. Ele deve aprender a procurar a criança dentro de si, coisa que muitas vezes acontece, pasmem, com a maturidade!

Os joelhos, que são o seu ponto fraco no organismo, servem também como símbolo da humildade, como acontece na genuflexão: o Capricorniano raramente se dobra, se ajoelha!


AQUÁRIO

O signo de Aquário é o décimo-primeiro do Zodíaco. Inicia em 20 de janeiro e termina em 20 de fevereiro. Signo do elemento AR, é governado pelo planeta Saturno e tem como co-regente o planeta Urano. É positivo, masculino, violento, fixo, e de beleza.

Como são os nativos destes signo? Bem, não se pode falar que eles sejam fáceis ou monótonos! São pessoas com espírito avançado e com a cabeça sempre voltada para o futuro, gostam de qualquer novidades e são seguramente ‘anti-convencionais’. Possuem porém convicções rígidas, que dificilmente mudam.

Adoram a vibração, o ritmo, as invenções e suportam à duras penas as restrições! Muitos são independentes e tem dificuldade para o convívio à dois, pois precisam de seu espaço próprio e não toleram invasões de privacidade!

Possuem sentimentos humanitários, e apreciam a liberdade e a amizade. Se associam as vezes à Sindicatos, agrupamentos cívicos, cooperativas e movimentos que desenvolvam idéias novas e sobretudo que defendam a liberdade, a solidariedade e a democracia. Sob a influência de Urano foram e são feitas as maiores revoluções em nome da liberdade!

As vezes esse exagerado gosto pelo excêntrico, torna os nativos de Aquário um tanto rebeldes, dificultando sua submissão às regras e às leis. Para isso devem fazer apelo ao planeta Saturno, que lhes cobrará atitudes mais tradicionais.

Um Aquariano típico adora as Leis …somente para poder mudá-las! Se todos vão numa direção, ele irá na direção oposta; talvez, até somente para ser notado e para ser "diferente " É um líder nato e tem seguramente uma inteligência brilhante. Se o planeta Saturno estiver amenizando esta rebeldia Uraniana, podem porém ter tendência à solidão e ao isolamento, mesmo porque às vezes tem um certo desprezo por este mundo que é tão monótono e "normal "!

Uma outra característica deste signo é a impaciência! Tudo para eles deve ser rápido, "para ontem ! São dotados de rapidez de raciocínio e, não raramente, de dons advinhatórios. Não é por acaso que é este o signo que rege a Astrologia !

O ponto frágil em seu organismo são os tornozelos e a parte inferior das pernas.

Aquário e o amor:

Eles estão colocados entre "os melhores amigos do Zodíaco", tendo uma clara tendência em ajudar e estão sempre dispostos a ouvir o que os outros têm a dizer. Por isto eles são bons amigos, mas na hora de um compromisso mais formal, são extremamente cautelosos. Amantes da liberdade, mesmo quando se apaixonam, analisam friamente suas emoções para não ‘se deixar levar’. Não se entregam facilmente.

É mais fácil que parta para um ‘casamento aberto’, onde respeitará a liberdade do outro para que a sua não seja invadida. Ele tem a capacidade de preparar o ambiente certo para uma noitada realmente diferente e excitante, e com este talento envolve o parceiro (a) e intensifica os seus relacionamentos. Se assume um casamento, será, de qualquer modo, fiel, já que não é dado à aventuras e nem busca o ‘mor pelo amor’.

Aquário e a Casa:

A casa do aquariano será sem dúvida ‘diferente’. Sempre haverá algo insólito. Num ambiente extremamente moderno, colocará peças raras de antiquariado. Num ambiente mais formal, colocará aquela pitada de surpresa necessária para mostrar que ele ‘está sempre na frente’! Com móveis de design moderno numa decoração abstrata, o quarto do aquariano pode parecer já no Século 21, ou poderia figurar numa Galeria de Arte Moderna! O importante para ele é o projeto, que deve ser atual, mas deve visualizar o quarto do futuro. Para ele uma casa que não muda é uma casa morta, já que ele ama a tradição, somente para fazê-la mudar!

E como seria o quarto do aquariano? Sinônimo do paradoxo, o aquariano prefere um quarto que não lhe pareça um quarto. Por isso suas opções recaem sempre sobre o que há de mais moderno e abstrato. Os moveis e objetos são do mais absoluto design, funcionais, e as cores definidas, vivas, ou em matizes de cinzas e preto, com muito aço ou alumínio. Tudo no mais rigoroso High-tec, moderno e futurista.


PEIXES

Último signo que o Sol percorre em seu curso anual, Peixes inicia em 20 de fevereiro e termina em 21 de março. É um signo mutável, de Água, feminino, duplo, fecundo e mudo. É governado pelo planeta Júpiter e tem como co-regente o planeta Netuno.

Os nativos deste signo são os ‘sofredores’ do Zodíaco! Estão sempre prontos a carregar a culpa pelos males do mundo e não suportam ver ninguém sofrer sem oferecer sua ajuda. São sonhadores e indecisos, e não raramente se refugiam em seus sonhos para não precisar fazer parte deste mundo terreno tão difícil e tão duro!

Seu idealismo e inspiração fazem deles pessoas inspiradas e as vezes produzem gênios (Einstein era pisciano! ). Se adaptam facilmente a qualquer situação, são hospitaleiros, adoram comer e beber, até demais. Muitos se deixam levar pelos excessos e podem se tornas drogados, alcoólatras, ou "falsos magos" utilizando seus poderes mediúnicos inadequadamente.

Se identificam com hospitais, os hospícios, e também com os hotéis, os restaurantes, as casas noturnas. Não raramente são músicos, pois a música é uma das artes que conseguem tirá-los da realidade. Pela mesma razão, recriam a realidade através de filmes, fotografia, cenários, e tudo o que diz respeito ao mundo das ilusões.

A indecisão e a impressionabilidade os tornam facilmente presa de ladrões e escroques (quando não o são eles mesmos!), e se deixam facilmente levar ao estado de depressão e também ao suicídio. Choram com muita facilidade sobre si próprios!

A excessiva sensibilidade dos piscianos deve ser levada para as artes, ou para o misticismo, a religiosidade e à dedicação ao auxílio dos outros, que é a sua verdadeira missão aqui na Terra. Devem procurar desenvolver a iniciativa e o lado prático e terreno do signo de virgem que lhes é oposto.

O seu ponto frágil no organismo são os pés, e as vezes o fígado.

Peixes e o Amor:

Extremamente romântico, se apaixona facilmente, daquele amor de conto de fada, onde busca sempre ‘o amor ideal’. Ele sempre "crê" que ‘aquela é a pessoa certa’, e quando tudo desmorona, se derramam em lágrimas contra o destino tão amargo que os persegue!. Tem dificuldade de ser pratico e objetivo em suas escolhas, por isto se deixa levar pelas suas explosões emotivas. Deve também tomar cuidado para não fazer ‘constantes sacrifícios’ para seus amantes, já que a relação a dois é uma troca e não um sacrifício.

Não deve desistir de um hobby, de um lazer, de uma vida própria para agradar o parceiro, pois isto lhe causará sem dúvidas muitas frustrações no futuro. Procure conservar mais sua identidade e não se ‘fundir’ com o outro, como a sua natureza netuniana manda.

Peixes e a Casa:

Ele não se importa muito de ter a casa ‘bagunçada’. O essencial para ele é ter um espaço que o leve bem longe do mundo real, e onde a luz da realidade não avance na penumbra de seu imaginário. É preciso que haja espaço para suas lembranças místicas, para acomodar sua coleção de anjos e incensos, que o liguem à sua fé. Não existe ordem reinante, mas aconchego, ambiente de sonho e de mistério, cores do mar, verde-mar, azul-mar, tons de nuvens e de fumaça, voiles esvoaçantes. O som, a TV onde eles assistem horas à fio os seus filmes prediletos, estão espalhados sem muito cuidado, mas com bastante conforto.

E o seu quarto como será? Seguramente um lugar para sonhar e talvez, além dos incensos e dos anjinhos, tenha até estrelas, muitas estrelas pintadas no teto!

Neste quarto ele medita, ouve música, faz seus exercícios mágicos, e se volta para o seu silêncio interior.


--------------------------------------------------------------------------------