Importante!

Este blog não tem propósito de indicar tratamentos para substituir cuidados médicos e medicamentos.Em caso de doença procure um médico e faça o tratamento corretamente.As dicas aqui descritas servem como terapia complementar e preventiva.




domingo, 20 de abril de 2014

Escolhas




"Na prática, a liberdade derivada da possibilidade de escolha é mesmo complexa e geradora de ansiedade: cada escolha diminui nossa liberdade!
Ao escolhermos nos casar com uma determinada pessoa limitamos nosso horizonte: não podemos mais viver como solteiros e nem casar com outra.
É fato que existe um grande problema relacionado com cada escolha, de modo que é bem compreensível associá-la à angústia e até ao desespero.
Quando uma pessoa decide se aposentar, terá que enfrentar um desconforto enorme, pois "nunca mais" viverá aquela dada condição profissional.
É claro que aposentadorias compulsórias não implicam escolha livre e também são difíceis de lidar; quando há a escolha, é mais difícil ainda.
"Nunca mais" produz uma sensação terrível, especialmente em um jovem: é só imaginar o desespero de um atleta profissional ao ter que parar!
"Nunca mais" é, por vezes, insuportável. Daí a ótima ideia do AA, onde se diz simplesmente que "hoje eu não vou beber"; e amanhã a gente vê!"

Por Flávio Gikovate

Nenhum comentário:

Postar um comentário