Importante!

Este blog não tem propósito de indicar tratamentos para substituir cuidados médicos e medicamentos.Em caso de doença procure um médico e faça o tratamento corretamente.As dicas aqui descritas servem como terapia complementar e preventiva.




domingo, 19 de abril de 2015

A Síndrome do Coração Partido - sofrer por amor, faz mal a saúde



Quem nunca falou que estava de coração partido depois de terminar um relacionamento ou viver uma decepção amorosa? Mais do que trazer angústia, sofrer por amor pode fazer mal à sua saúde. Conhecida como Síndrome do Coração Partido, a doença afeta o sistema cardiovascular de pessoas que vivem um longo período de tristeza. Dor no peito e taquicardia ao pensar no ser amado são os principais sintomas que caracterizam o distúrbio.
De acordo com a cardiologista Ana Camarozano, o fator emocional tem grande influência no funcionamento do coração. A especialista acredita que a ansiedade, a depressão e o estresse causados pelo fim de uma relação amorosa podem prejudicar a saúde cardíaca. "É possível que a Síndrome evolua para o surgimento de uma arritmia cardíaca e até cause o infarto, especialmente em pacientes que têm histórico na família ou tenham predisposição a problemas cardíacos", alerta a médica.
Por outro lado, guardar emoções como ódio, rancor ou mágoa reflete negativamente no organismo, permitindo que os órgãos do corpo liberem grande quantidade de hormônios como cortisol ou adrenalina, que produzidos em um nível elevado podem ser prejudiciais. Além disso, o armazenamento de sentimentos ruins contribui com a redução da produção de substâncias benéficas ao organismo e que trazem sensação de bem-estar, como a serotonina. "Esse desequilíbrio na produção hormonal pode interferir no funcionamento cardiovascular, prejudicando a saúde das pessoas", explica a especialista.
Os florais de Bach, podem nos ajudar perfeitamente numa situação tão delicada como essa.



A dor da separação pode levar a sentimentos de mágoa, raiva, tristeza profunda, desistência da vida, pensamentos obsessivos, ciúmes, etc...




  • Willow, pode ajudar a curar a mágoa, o ressentimento, nos ajudando a perdoar e nos liberar desses sentimentos que tantos nos machucam

  • Holly, para quando a raiva e o ciúme nos maltrata. Ele nos ajuda a perdoar nos trazendo a paz e o Amor Universal, que nos liberta de sentimentos tão difíceis.

  • Gorse, para quando a tristeza é tão profunda, que nos faz perder a vontade de viver. Ele nos traz a fé necessária para enfrentarmos a dor e seguirmos adiante na vida.

  • Chicory, quando o ciúme e o sentimento de posse nos dominam, aprisionando nossa alma. Este floral nos ajuda a vivenciar o verdadeiro amor, que nos liberta e não impõe condições.

  • White Chestnut, quando os pensamentos são obsessivos. Ele nos traz a paz mental, para que possamos desfrutar da vida com harmonia e presença de espírito.
  • Clematis, quando nos abstraímos do presente e ficamos distraídos desejando apenas estar novamente nos braços do ser amado. Este floral nos traz a atenção para a vida nos interessando pelo mundo ao nosso redor. Nos faz mais realistas.
  • Mustard, para aquela tristeza silenciosa que nos toca profundamente, fazendo-nos perder o interesse pelas coisas do dia-a-dia, como se fosse uma nuvem cinza que encobre um dia de sol. Ele nos traz a alegria de viver e o interesse pela vida novamente.
São florais que podem nos ajudar, a enfrentar melhor um momento tão dolorido na vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário